carregando
MotoGP

Quartararo bate Miller e lidera 2º dia de pelotão embolado em teste na Malásia

Com 1min58s572, Fabio Quartararo destronou Jack Miller na hora final para comandar o sábado (8) de testes da MotoGP em Sepang. 0s159 mais lento que o ponteiro, Dani Pedrosa ficou com o terceiro registro

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
Fabio Quartararo manteve a liderança no segundo dia de testes da MotoGP em Sepang. O piloto da SIC aproveitou a hora final da atividade deste sábado (8) para bater Jack Miller e manter a Yamaha no topo da tabela de tempos. Também na reta final da sessão, Dani Pedrosa colocou a KTM na terceira posição.
 
Os trabalhos neste segundo dia de atividades começaram com Álex Rins no topo da tabela, mas o #42 logo foi superado por Aleix Espargaró. Com cerca de 30 minutos de sessão, Mir foi a 1min59s133 e assumiu o comando. Pol Espargaró, porém, passou 0s144 logo depois para ocupar o primeiro posto.
Fabio Quartararo (Foto: SIC)
Paddockast #47
FORD vs FERRARI


Ouça:
Spotify | iTunes | Android | playerFM

Mir reagiu e devolveu a Suzuki à liderança, 0s258 mais rápido que o titular da KTM. Antes mesmo da parada para o almoço, Miller, usando uma nova carenagem na Desmosedici, tomou a ponta de Joan por 0s090. Franco Morbidelli também apertou o passo e se colocou na terceira colocação.
 
As posições seguiram inalteradas até a hora final da atividade, quando os pilotos aproveitaram a pista seca para buscar tempo. Em sua 63ª volta no dia, Fabio Quartararo, que estreou o protótipo 2020 da Yamaha neste sábado, cravou 1min58s572 e destronou Miller por 0s069.
 
Quem também conseguiu melhorar na fase final da atividade foi Dani Pedrosa. O piloto de testes da KTM pulou, primeiro, para a 12º colocação e, pouco depois, aproveitando o vácuo de Maverick Viñales, saltou para o terceiro posto, 0s090 mais lento que o ponteiro.
 
Com o avanço de Pedrosa, quatro fábricas diferentes apareciam no top-4: Yamaha, Ducati, KTM e Suzuki. A melhor Honda, por sua vez, tinha apenas o nono posto, com Marc Márquez, enquanto a Aprilia aparecia em 11º, com Aleix Espargaró.
 
Falando em Marc, o #93 saiu para buscar tempo na hora final, mas sofreu uma queda já no fim da atividade. O espanhol, que ainda se recupera de uma cirurgia, não sofreu ferimentos maiores e logo voltou aos boxes da Honda.

Com o cronômetro zerado, ninguém mais conseguiu melhorar. Quartararo manteve a ponta com 0s069 de margem para Miller, com Pedrosa aparecendo 0s021 atrás. Mir fecha o top-4.
Dani Pedrosa (Foto: KTM)
0s259 mais lento que o companheiro de SIC, Franco Morbidelli ficou com a quinta colocação, 0s062 melhor que Maverick Viñales, o sexto. Álex Rins vem na sequência, acompanhado por Pol Espargaró.
 
Marc Márquez completou 47 voltas, a melhor delas em 1min59s097 e ficou com o nono posto, 0s525 atrás de Fabio. Mais 0s019 atrás, Valentino Rossi fecha o top-10.
 
Aleix Espargaró garantiu o 11º tempo, com Cal Crutchlow, Danilo Petrucci, Francesco Bagnaia, Andrea Dovizioso e Miguel Oliveira fechando um top-16 coberto por 0s793.
 
Com 1min59s661, Álex Márquez acabou em 17º, 0s119 melhor que Brad Binder, o 18º. Johann Zarco fez o 19º tempo, com Tito Rabat tomando a 20º colocação nos instantes finais. 

MotoGP 2020, Malásia, Sepang, Teste coletivo, Dia 2:

1 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:58.572   63 72
2 J MILLER Pramac Ducati 1:58.641 +0.069 15 51
3 D PEDROSA Tech3 KTM 1:58.662 +0.090 53 54
4 J MIR Suzuki 1:58.731 +0.159 11 54
5 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:58.831 +0.259 37 60
6 M VIÑALES Yamaha 1:58.893 +0.321 41 69
7 A RINS Suzuki 1:58.978 +0.406 25 63
8 P ESPARGARÓ KTM 1:58.989 +0.417 3 49
9 M MÁRQUEZ Honda 1:59.097 +0.525 10 47
10 V ROSSI Yamaha 1:59.116 +0.544 38 60
11 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:59.224 +0.652 26 43
12 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:59.247 +0.675 59 64
13 D PETRUCCI Ducati 1:59.257 +0.685 7 59
14 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:59.313 +0.741 11 59
15 A DOVIZIOSO Ducati 1:59.342 +0.770 16 55
16 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:59.365 +0.793 10 42
17 Á MÁRQUEZ Honda 1:59.661 +1.089 11 66
18 B BINDER KTM 1:59.780 +1.208 38 59
19 J ZARCO Avintia Ducati 1:59.825 +1.253 16 51
20 T RABAT Avintia Ducati 2:00.189 +1.617 77 77
21 S GUINTOLI Suzuki 2:00.286 +1.714 3 58
22 T NAKAGAMI LCR Honda 2:00.347 +1.775 16 47
23 I LECUONA Tech3 KTM 2:00.396 +1.824 12 41
24 YAMAHA TEST 3 Yamaha 2:00.791 +2.219 23 35
25 YAMAHA TEST 1 Yamaha 2:00.920 +2.348 20 44
26 B SMITH Aprilia Gresini 2:01.119 +2.547 19 61




Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.