MotoGP

Miller vê “alguma verdade“ em rumores sobre ser trocado por Lorenzo na Pramac

Falando à imprensa na Áustria nesta quinta-feira (8), Jack Miller afirmou que vê “alguma verdade” nos rumores de um acerto entre Jorge Lorenzo e a Pramac. O australiano descartou uma mudança para o Mundial de Superbike, mas admitiu que não entende a razão de ainda não ter um contrato, uma vez que já acertou todos os termos com a equipe

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Jack Miller acredita que existe “alguma verdade” nos rumores que ligam Jorge Lorenzo a uma vaga na Pramac em 2020. O australiano afirmou que muita gente quer que ele siga na atual equipe, mas reconheceu que não entende a razão de ainda não ter assinado um contrato.
 
Lorenzo está ausente da MotoGP desde um tombo em Assen, mas vê seu nome envolvido em inúmeros rumores. O mais recente aponta para uma volta à Ducati, agora vestindo as cores da Pramac.
 
Depois de uma carreira bastante bem sucedida com a Yamaha, Lorenzo debutou com a Ducati em 2017, mas, apesar de a adaptação ter sido mais lenta do que o esperado, o #99 encontrou um caminho para ‘domar’ a Desmosedici e conquistar vitórias. Os resultados, porém, tardaram a checar, uma que resultou numa mudança para a Honda. Jorge, contudo, ainda não conseguiu se encaixar com a RC213V e também tem sofrido uma série de lesões.
Jack Miller segue sem saber onde estará em 2020 (Foto: Divulgação/MotoGP)

Nesse cenário, surgiram rumores de que, com Danilo Petrucci garantido na Pramac em 2020, Lorenzo pode ir parar na Pramac, antecipando o fim de seu vínculo com a montadora da asa dourada.
 
Ainda com o futuro incerto, Miller admitiu que não sabe o motivo de ainda não ter assinado um novo acordo e vê “alguma verdade” nos rumores de uma aproximação com o #99.
 
“Acho que tem alguma verdade nos rumores sobre Lorenzo”, disse Miller. “Com certeza, ele está procurando alguma coisa, porque, no momento, ele não pode pilotar aquela Honda. É muito fácil colocar o rabo entre as pernas e voltar atrás”, observou.
 
“Acho que a Pramac me ama, quer me manter, a maioria das pessoas da Ducati querem em manter. [Mas] tenho de pensar o motivo de termos chegado na Áustria ― já bem na segunda metade da temporada e com dois pódios na bagagem ― e ainda não ter um contrato”, comentou. “A maioria dos detalhes foram resolvidos. A Pramac concordou com tudo que eu pedi, mas o contrato ainda não chegou... Vamos esperar para ver e tudo que posso fazer é seguir fazendo meu melhor”, ponderou.
 
“Este é o meu primeiro ano com material do ano na MotoGP, essa é a era mais competitiva de todas, eu já conquistei dois pódios e estive na frente desses caras em múltiplas ocasiões”, lembrou. “Sinto que estou fazendo tudo que posso para conseguir um emprego. Não estou nem um pouco estressado”, garantiu.
 
Assim como Francesco Bagnaia, Jack Miller é contratado diretamente pela Ducati, o que significa que é a fábrica de Bolonha que tem a palavra final sobre a dupla da Pramac para o próximo ano.
 
Questionado se é a Ducati quem ainda precisa se posicionar em relação ao seu contrato, Miller respondeu: “Quase todo mundo na Ducati quer me manter. Algumas pessoas têm boas memórias [de Lorenzo]... Mas, como eu disse, não estou estressado. Só estou aqui para fazer o meu trabalho”.
 
Jack, no entanto, negou com veemência os rumores de uma mudança para o Mundial de Superbike na próxima temporada com o time de fábrica da Ducati.
 
“Não pensei no Mundial de Superbike. Não passou pela minha cabeça. Acabei de começar a ir bem aqui e não estou pensando em ir embora”, completou.
 
O GP da Áustria de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.