Superbike

Rea vence fácil corrida 1 em Magny-Cours e faz história com terceiro título consecutivo do Mundial de Superbike

Um nome para não se esquecer: Jonathan Rea. Neste sábado, o piloto teve ritmo dominante na corrida 1 em Magny-Cours e faturou uma vitória sem problemas no circuito francês. Com o resultado, o titular da Kawasaki abocanhou seu terceiro título consecutivo, tornando-se o primeiro piloto da história do Mundial de Superbike a alcançar o feito

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

Jonathan Rea escreveu em definitivo o seu nome na história do Mundial de Superbike. Neste domingo (30). O piloto venceu a corrida 1 da categoria em Magny-Cours para conquistar seu terceiro título com cinco corridas de antecedência.
 
Com uma vitória dominante no circuito francês, onde cruzou a linha de chegada com uma vantagem de 16s316, o titular da Kawasaki sequer se preocupou com seus principais adversários na briga pelo título. Enquanto Tom Sykes terminou apenas em terceiro, Chaz Davies foi apenas o décimo.
 
Com a conquista, Rea entra para a história como o primeiro piloto a faturar três títulos consecutivos na categoria em uma era de total domínio desde que entrou para sua atual equipe, em 2015. Na atual temporada, perfeição pode ser a palavra para definir, pois alcançou a vitória em 12 corridas, só perdendo o pódio em uma oportunidade, quando seu pneu traseiro acabou estourando na prova 1 em Donington Park.
Rea comemora título com equipe (Foto: Divulgação/Superbike)

Na prova deste sábado, o #1 largou da pole-position. Assim que as luzes se apagaram e a largada foi autorizada, o competidor logo sumiu na ponta e mostrou forte ritmo durante toda a corrida, que estava com asfalto úmido. 
 
No final da disputa Marco Melandri superou Tom Sykes para cruzar a linha de chegada em segundo, logo atrás do companheiro de equipe. Completando o pódio, Sykes conquistou um resultado extremamente positivo, pois há duas semanas passou por uma cirurgia para operar uma lesão em um dedo após uma queda em Portimão.
 
Leon Camier, que apresentou grande desempenho, cruzou a linha de chegada na quarta colocação, 5s atrás do trio do pódio. Em quinto apareceu o compatriota de Camier, Alex Lowes.
 
Eugene Laerty foi o sexto colocado, com Leandro Mercado fechando a prova em sétimo, enquanto Davide Giugliano, Michael van der Mark e Chaz Davies completaram o rol dos dez melhores da corrida.

Mundial de Suberbike, França, Magny-Cours, Corrida 1, Final:
 
1 1 JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
40:06.523 21 voltas
2 33 MARCO MELANDRI ITA DUCATI
1199 PANIGALE R
+16.316  
3 66 TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
+16.666  
4 2 LEON CAMIER ING MV AGUSTA
1000 F4
+22.133  
5 22 ALEX LOWES ING YAMAHA
YZF-R1
+41.210  
6 50 EUGENE LAVERTY IRL MILWAUKEE APRILIA
APRILIA RSV4 RF
+1:02.101  
7 36 LEANDRO MERCADO ARG IODA
APRILIA RSV4 1000 F
+1:02.281  
8 34 DAVIDE GIUGLIANO ITA HONDA
CBR1000RR SP
+1:05.775  
9 60 MICHAEL VAN DER MARK HOL YAMAHA
YZF-R1
+1:09.271  
10 7 CHAZ DAVIES ING DUCATI
1199 PANIGALE R
+1:17.429  
11 32 LORENZO SAVADORI ITA MILWAUKEE APRILIA
APRILIA RSV4 RF
+1:30.899  
12 40 ROMÁN RAMOS ESP GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
+1:39.111  
13 35 RAFFAELE DE ROSA ITA ALTHEA
BMW S1000 RR
+1:40.891  
14 81 JORDI TORRES ESP ALTHEA
BMW S1000 RR
+1:54.311  
15 84 RICARDO RUSSO ITA GUANDALINI
YAMAHA YZF-R1
+1 volta  
16 37 ONDREJ JEZEK RTC GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1 volta  
17 121 ALESSANDRO ANDREOZZI ITA GUADALINI
YAMAHA YZF-R1
+1 volta  
18 13 ANTHONY WEST AUS PUCCETTI
KAWASAKI ZX-10R
+1 volta  
  45 JAKE GAGNE EUA HONDA
CBR1000RR SP
NC  
  12 XAVI FORÉS ESP BARNI
DUCATI PANIGALE R
NC  
             
POLE JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
1:56.555 136.241 km/h
VOLTA MAIS RÁPIDA MARCO MELANDRI ITA DUCATI
1199 PANIGALE R
1:52.749 140.84 km/h
RECORDE TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
1:36.366 164.78 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA MOLHADA   ar: 16°C | pista: 21ºC
PLANEJANDO FUTURO

LÍDER DO EUROPEU DE MOTO2, GRANADO MIRA VOLTA AO MUNDIAL