carregando
Stock Car

Félix da Costa agradece adversários “muito justos” na briga por terceiro lugar “com gosto de vitória” para Khodair

O português António Félix da Costa, em sua primeira corrida na Stock Car, teve de se esforçar para segurar os ataques de José María López e Lucas Di Grassi ao longo da Corrida de Duplas deste domingo (22) e garantir o terceiro lugar para Allam Khodair

Warm Up, de Goiânia / RENAN DO COUTO, de Goiânia
Enquanto Néstor Girolami e Mark Winterbottom disparavam nas duas primeiras posições, a vida de António Félix da Costa era bem dura para defender o terceiro lugar e o pódio do carro #18 na Corrida de Duplas da Stock Car. Mas ele conseguiu.
 
Desde que deixou os boxes na janela de pit-stops, o português convidado por Allam Khodair começou a ver o carro de José María López nas cores da Red Bull grande, bem grande no retrovisor. Segurou.
 
No final, Lucas Di Grassi ainda superou o argentino e tentou dar o bote para ganhar de Félix da Costa. Missão não cumprida.
 
O gajo agradeceu aos adversários pelo comportamento limpo durante toda a segunda metade da prova. “Os outros caras foram muito justos. Podiam facilmente ter dado um toquezinho e me tirado da frente deles. Mas foram muito justos e demos um grande espetáculo. Estava complicado, eu estava na defensiva, que nem é meu estilo, eu não gosto. Mas quando assim tem que ser, assim é, e fizemos um bom trabalho”, afirmou ao GRANDE PRÊMIO.
Félix da Costa segurando a pressão do argentino Pechito López (Foto: Miguel Costa Jr.)
Khodair ressaltou o resultado do seu convidado citando um recorrente problema de câmbio que sofre desde o ano passado e atrapalha principalmente nas reduções de marcha durante a corrida.
 
“Eu já estava acostumado, mas ele não, e eu sabia que ia ser muito complicado para ele porque está piorando a questão do câmbio não entrar”, disse.
 
A avaliação do desempenho do convidado, portanto, foi positiva: “Está muito aprovado. A segurada que ele deu nas últimas dez voltas da corrida foi muito boa. Dificilmente ele ia conseguir segurar. Então foi um terceiro lugar com gosto de vitória”, completou Khodair.
 
“Claro que sempre queremos mais”, adicionou Félix da Costa, “mas com os problemas que tivemos no fim de semana, não pudemos treinar tudo o que gostaríamos, até a minha adaptação ficou comprometida, por isso acho que sair daqui com o pódio é muito positivo. O Allam fez um stint muito bom, a equipe fez uma estratégia espetacular, e depois eu só tive de segurar. Agora estamos aqui, todos contentes.” 
 
A próxima etapa da Stock Car será disputada no dia 5 de abril no circuito de rua de Ribeirão Preto.