MotoGP

Yamaha fala em levar evolução do motor de 2020 para teste em Misano

A Yamaha está bastante focada no projeto da temporada 2020. Após o teste coletivo em Brno, onde foi visto um protótipo da nova moto e motor da equipe de Iwata, Takahiro Sumi, responsável pela YZR-M1 já afirmou que nos ensaios coletivos em Misano mais novidades serão vistas

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
A Yamaha já tem começado a pensar no projeto da temporada 2020. A fábrica japonesa levou um protótipo da moto e do motor do próximo ano para a pista no teste em Brno, e de acordo com Takahiro Sumi, responsável pela YZR-M1, mais coisas estão por vir.
 
Na Tchéquia, Valetino Rossi foi o responsável por guiar a máquina, avaliando que “existem pontos bons e ruins” na M1. Enquanto isso, tanto o italiano quanto Maverick Viñales usaram o novo propulsor, dando as primeiras considerações.
 
Então, Sumi já deixou claro que a equipe de Iwata vai trazer mais novidades para os treinos em Misano, no final do mês. “No teste em Brno, trouxemos uma versão do motor de 2020, mas apenas um primeiro protótipo, e todos os testes foram usados acima de tudo para confirmar a direção tomada”, explicou.
Rossi com o protótipo de 2020 (Foto: Reprodução)
“Nossos pilotos nos deram boas indicações, e estamos prontos para dar outro passo. Nosso objetivo é conseguir o máximo de cada teste, e já posso confirmar que vamos trazer uma evolução do motor para os testes em Misano”, seguiu.
 
Takahiro ainda falou sobre a mudança de direção de Iwata em 2019. “Houve mudanças neste ano, após os desastrosos resultados da última temporada. Esse GP foi um momento crítico para nós, mas também um ponto de virada”, apontou.
 
“Sabíamos que antes de mudar a moto, precisávamos mudar nós mesmos. Houve diversas pequenas mudanças internas”, continuou.
 
Por fim, o japonês disse que “perdemos nossa direção em diversas áreas depois que mudamos a fornecedora de pneus. O número de problemas aumento, e identificamos as prioridades que precisamos interferir”, sublinhou.
 
“Nossa desvantagem em velocidade máxima cresceu, e isso torna difícil para nossos pilotos brigarem contra seus oponentes. Potência nunca foi nosso ponto forte, mas estamos tentando melhorar sem afetar a pilotabilidade da M1. Esse é nosso objetivo”, encerrou.
 

Paddockast #28
INTERROGANDO Flavio Gomes: O Boto do Reno


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.