MotoGP

Yamaha celebra novidades aprovadas por Rossi e Viñales no teste de Misano

Diretor da Yamaha, Massimo Meregalli fez um balanço positivo dos testes realizados pela MotoGP em Misano. O dirigente contou que Maverick Viñales e Valentino Rossi aprovaram os itens levados pela fábrica de Iwata para o traçado de San Marino

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Diretor da Yamaha, Massimo Meregalli fez um balanço positivo dos testes da MotoGP em Misano. O dirigente celebrou o fato de Valentino Rossi e Maverick Viñales terem aprovado as peças levas para o circuito de San Marino pelo time dos três diapasões.
 
Além de uma nova versão do motor de 2020, a Yamaha testou peças que podem ser introduzidas ainda nesta temporada - e se quiser saber mais sobre o assunto, pode encontrar aqui nesta loja de autopeças.
 
“Ao longo dos dois dias, Vale e Maverick testaram a nova especificação do motor de 2020, o novo braço oscilante de fibra de carbono, o novo escapamento Akrapovič, e nós também trabalhamos na aerodinâmica”, disse Meregalli. “Todos esses itens foram aprovados pelos nossos pilotos e, muito provavelmente, serão utilizados na próxima corrida”, anunciou.
Yamaha saiu animada do teste em Misano (Foto: Yamaha)
Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

No segundo dia do teste de Misano, Rossi e Viñales aproveitaram os minutos finais da sessão para calçarem os pneus extramacios e saltarem para quarto e sexto, respectivamente. Assim como no primeiro dia, Fabio Quartararo ficou com o topo da tabela, com Franco Morbidelli aparecendo em terceiro para colocar as quatro YZR-M1 no top-6.
 
A boa performance, aliás, ganhou um significado ainda mais importante, já que a Yamaha teve dificuldades na corrida de Misano do ano passado.
 
“Nós sofremos com problemas de aderência durante a corrida aqui, então este era um dos nossos objetivos neste teste”, contou Meregalli. “Não abandonamos nosso planos e mantivemos o foco em maximizar o ritmo de corrida enquanto nos preparávamos para as próximas etapas. Vamos reunir todos os dados para darmos novos passos e estamos ansiosos para a corrida aqui em Misano”, seguiu.
 
De olho em um retorno ao pódio, Rossi fez um balanço positivo do teste em Misano, não só pensando em 2020, mas também na reta final da temporada atual.
“Primeiro nos testamos o protótipo da moto de 2020, mas, depois disso, focamos mais em algumas coisas novas que também podemos usar na parte final da atual temporada”, explicou Rossi. “O teste, no geral, não foi tão mal, porque melhoramos a aderência na traseira, a aceleração, e eu me sinto bem, fomos competitivos”, comentou. 
 
Viñales, que tinha fechado o primeiro dia de testes um pouco desanimado, se mostrou mais satisfeito com o avanço que a Yamaha conseguiu pensando na corrida.
 
“Nós tentamos trabalhar bastante para a corrida. Trabalhamos o tempo todo no acerto, especialmente para tentar melhorar nas primeiras voltas da corrida”, explicou Maverick. “O segundo dia foi mais positivo do que o primeiro, então estou bem feliz e satisfeito com o teste. Nós melhoramos, especialmente, em condições mais quentes”, apontou.
 
“Rodei bastante quando a temperatura estava mais elevada, tentando fazer uma simulação de corrida, e o meu ritmo era bem bom, então estou de fato bem satisfeito com isso”, completou.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.