MotoGP

Márquez elogia Álex, mas diz que “no momento, não há lugar na Honda para meu irmão”

Marc Márquez não escondeu o orgulho que sentiu de seu irmão Álex na Alemanha. O #93 ressaltou o ótimo final de semana do #73, mas ressaltou que quando o piloto subir para a MotoGP, a Honda não vai ser a equipe com uma vaga o esperando

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
O final de semana na Alemanha foi bastante especial para a família Márquez. Enquanto Marc conseguiu sua décima vitória em Sachsenring, Álex, o irmão mais novo, também fez seu nome ao sair da pole-position e triunfar na Moto2.
 
O #73 chegou a não fazer uma boa largada no circuito alemão, perdendo posições. Mas logo começou a escalar o pelotão para se colocar no primeiro posto. Depois de tomar a dianteira, não saiu mais de lá, cruzando a linha de chegada com um respiro de 1s208.
 
Com isso, o titular da Marc VDS, que havia perdido a liderança da classificação da classe intermediária para Tom Lüthi, voltou a figurar no primeiro posto. Com 136 pontos, tem uma vantagem de oito para o suíço.
Os irmãos Márquez (Foto: Reprodução/Twitter Marc Márquez)
Ao comentar sobre a performance do irmão, o #93 não escondeu o orgulho. “Estou mais feliz pelo meu irmão do que por mim. Após a Holanda, poderia ter sofrido psicologicamente, mas foi bem em se manter focado”, disse.
 
“Quando voltamos para a Espanha, me contou que estava com medo de perder mais pontos na Alemanha porque não é um circuito que deu muitas alegrias pra ele no passado. Disse para ele que seria diferente nesse ano, e tudo foi bem. Álex é bom durante a corrida”, seguiu.
 
“Ele é o mais rápido e o mais constante da Moto2. Estou feliz por ele, e devo dizer que foi muito sólido hoje. Ambos vamos felizes para as férias. Acho que quando fizer a subida para a MotoGP, vai ter que escolher uma moto que sabe que se encaixa com seu estilo”, continuou.
 
Entretanto, Márquez deixou claro que sua atual casa, a Honda, não é lugar para Álex. “No momento, não há lugar na Honda para meu irmão e, mesmo que o lugar de Lorenzo esteja disponível, não quero desrespeitar [Cal] Crutchlow ou [Takaaki]Nakagami. Não quero saber de nada dessas coisas”, concluiu.
 
Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP




 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.