carregando
MotoGP

Com Iannone suspenso por doping, Aprilia cogita Biaggi para teste de Sepang

A Aprilia considera colocar Max Biaggi na vaga de Andrea Iannone para o teste coletivo da MotoGP em Sepang. Titular do time, o #29 está suspenso provisoriamente por doping

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
A Aprilia pode optar por uma solução radical para preencher a vaga de Andrea Iannone no teste coletivo de Sepang. Com o titular suspenso pela FIM (Federação Internacional de Motociclismo) por doping, a casa de Noale considera colocar Max Biaggi para testar a RS-GP.
 
Ao site britânico ‘Crash.net’, a Aprilia confirmou que Biaggi é uma das três opções cotadas para substituir Iannone. Além do ‘Imperador Romano’, a fábrica italiana também tem Karel Abraham e Lorenzo Savadori como opções.
Max Biaggi (Foto: Aprilia)
Paddockast #46
OS 10 MELHORES PILOTOS DA DÉCADA


Ouça:
Spotify | iTunes | Android | playerFM

“A escolha será entre esses três”, confirmou um porta-voz da Aprilia. “Vamos decidir o plano em breve”, completou.
 
Em meados do mês passado, a FIM anunciou a suspensão provisória de Iannone após o italiano testar positivo para esteroide anabolizante em um exame feito em novembro em Sepang. O #29 pediu a análise da amostra B, mas a contraprova apenas confirmou o doping.
 
A defesa de Andrea fala em ingestão acidental da droga e suspeita que a drostanolona entrou no corpo do piloto por meio da carne consumida nos dias em que passou na Ásia. Ainda assim, é pouco provável que Iannone consiga reverter a suspensão para estar na pista nos testes de Sepang.
 
A Aprilia, por sua vez, precisa fazer um bom trabalho nos testes malaios, já que vai introduzir uma moto nova este ano, com um motor que segue a linha de Ducati e Honda com configuração 90º V.
 
Biaggi esteve nas 500cc/MotoGP entre 1998 e 2005, venceu 13 vezes, conquistou um total de 58 pódios e 23 poles. A ligação com a Aprilia, porém, aconteceu apenas nas 250cc, com quem conquistou três de seus quatro títulos. Ainda, Max foi bicampeão do Mundial de Superbike em 2010 e 2012, sempre correndo pela marca de Noale. 
 
A última corrida do piloto de 48 anos na série das motos de produção aconteceu em 2015, ano em que disputou só quatro corridas.

A primeira bateria de testes da pré-temporada 2020 acontece entre os dias 7 e 9 de fevereiro, na Malásia.
 


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.