Indy

RLL revela interesse em Nasr em possível terceiro carro para 2020

Bobby Rahal revelou que a chance de um terceiro carro do time para a temporada 2020 é forte. Equipe busca nomes jovens, e apesar do interesse em Colton Herta, Felipe Nasr também conversa com o time semanas depois de testar pela SPM

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
O desejo da RLL em ter um terceiro carro no grid da Indy está mais próximo do que nunca, garante o dono e chefe de equipe Bobby Rahal. 
 
Com uma movimentação forte para achar patrocínios, ele admitiu que tem boas expectativas em achar um novo parceiro de equipe para o filho Graham e o veterano japonês Takuma Sato, buscando a introdução do terceiro carro na temporada 2020.
 
"O que posso dizer é que estamos mais próximos do que nunca de ter um terceiro carro. É diferente do que aconteceu no passado. Nada está fechado, mas as indicações estão bem fortes, é o que sinto", declarou Bobby ao site norte-americano ‘RaceFans.com’
Graham Rahal é um dos pilotos da RLL (Foto: Indycar)
Nas últimas duas edições da Indy 500, a RLL chegou a ter um terceiro carro inscrito, com Oriol Servià em 2018 e Jordan King em 2019.
 
Somando ao menos uma vitória na temporada da Indy desde 2015, Rahal admitiu que a procura pelo terceiro piloto seria com um nome novo, e a primeira opção claramente seria a sensação Colton Herta, de 19 anos e que ainda não renovou contrato com a Harding. Mas quem também surgiu na disputa é o brasileiro Felipe Nasr, que testou pela equipe Schmidt Peterson recentemente.
 
"Claro que o Colton Herta é o nome em alta, mas vai saber a situação dele. Eu não tenho certeza do que estão planejando, mas falamos com outros pilotos como Felipe Nasr, que testou pela Schmidt. Achamos que ele tem muito potencial. O que vejo claramente é que a Indy Lights, que poderia ter o dobro de caras, gera pilotos que podem ir bem na Indy. Só ver o que Colton e Pato O'Ward fizeram. São foras da caixa. Seria burrice não olhar para a nova geração", completou.
 
Takuma Sato, com 1 vitória e 2 poles, ocupa a sétima posição no campeonato da Indy, com 322 pontos. Graham Rahal vem logo atrás, em oitavo, somando 312. A próxima etapa da temporada acontece no dia 18, em Pocono.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.