carregando
Indy

Estreante, Palou mostra ansiedade por Indy 500: “Maior corrida do mundo”

Álex Palou é um dos estreantes confirmados para a temporada 2020 da Indy. Espanhol de 2020 está ansioso para competir nos ovais americanos, sobretudo em Indianápolis, onde também espera a presença do compatriota Fernando Alonso

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
Álex Palou é uma das novidades da Indy em 2020. O espanhol de 22 anos assinou com a Dale Coyne e entrará no lugar de Sébastien Bourdais na temporada.
 
Palou iniciou sua carreira na Europa, correndo em categorias como GP3 e F2, mas registrou sucesso no Japão, com o terceiro lugar na temporada 2019 da Super Fórmula. Com a transição para os Estados Unidos, o piloto comemorou a oportunidade de correr em Indianápolis pela primeira vez.
 
"Vou correr a Indy 500. É a maior corrida do mundo. Sigo a competição faz tmpo, mas significa muito ir a Indianápolis e saber que vou conduzir um dos carros. Tenho muita vontade de tentar e me testar em um oval”, disse Palou em texto publicado no site espanhol ‘SoyMotor.com’.
Álex Palou anunciou sua ida para a Dale Coyne na temporada 2020 da Indy (Foto: Álex Palou/Twitter)
Álex não deve ser o único espanhol no Brickyard, já que Fernando Alonso, bicampeão mundial de F1, negocia para mais uma aparição em Indianápolis. O jovem fica mais confortável com os holofotes que a lenda do esporte a motor pode trazer para os Estados Unidos.
 
“Tudo indica que o Fernando Alonso estará, pelo que falam na imprensa. Compartilhar pista com ele vai me ajudar, porque ele tem a experiência dos últimos anos, e também vai trazer mais veículos de comunicação, de modo que abrirá mais atenção que o costume. É um bom cenário", completou.
 
Palou também falou sobre a primeira experiência que terá em um oval. Os únicos testes do espanhol no carro da Indy aconteceram no circuito de Mid-Ohio, no segundo semestre de 2019.
 
"Nunca andei em um oval, apesar de ter ido em um. Estive na corrida do Texas no ano passado para ver como era. Me disseram que era o oval mais difícil do calendário porque é menor e tem muita inclinação, e se eu gostasse, saberia que queria correr lá. Achei eles loucos, pois correm na maior velocidade possível. Agora, eu estarei alcançando 370 km/h nas curvas, virando o volante sem tirar o pé do acelerador. Indianápolis será meu primeiro oval, porque as corridas anteriores são em mistos. Vou lidar com respeito, entusiasmo e gana", completou.

A estreia de Palou na Indy acontece no dia 15 de março, no GP de St. Pete.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.