Indy

Dixon celebra dobradinha da Ganassi no GP do Texas e destaca: “Muitos créditos para a equipe”

Scott Dixon liderou 97 das 248 voltas corridas neste sábado (6) no Texas, para a oitava etapa da temporada 2015 da Indy. O piloto recebeu a bandeirada final com mais de 7s para o segundo colocado, seu companheiro de equipe Tony Kanaan

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Scott Dixon assegurou uma vitória em uma sonolenta corrida. Aconteceu neste sábado (6) o GP do Texas, e após liderar 97 das 248 voltas da prova, o piloto garantiu seu segundo triunfo na temporada 2015 da Indy.
 
O titular da Chip Ganassi largou da sétima colocação. Ele vinha mostrando bom desempenho durante a corrida, e foi quando assumiu a ponta que não houve mais discussão. Ele disparou na frente e recebeu a bandeira quadriculada mais de 7s na frente do segundo colocado, seu companheiro Tony Kanaan, com uma dobradinha da equipe no pódio.
Dixon comemora vitória no Texas (Foto: IndyCar)
Ao comentar sobre a prova, obviamente Dixon não poupos elogios pelo bom trabalho feito pela Ganassi. “Esse foi um trabalho em conjunto, muitos créditos para a equipe, e só tenho a agradecer", afirmou.

Porém, o piloto admitiu que a prova não foi fácil, por mais que tenha parecido, mas que após ter encontrado o balanço certo do carro, tudo funcionou perfeitamente. “Nunca e fácil. Mesmo na última parte da corrida apenas estávamos tentando fazer algumas mudanças no carro”, disse.
 
“Não tivemos uma largada extremamente boa, pois o carro estava derrapando demais, mas após conseguirmos encontrar o equilíbrio certo entramos nos trilhos. Após o pit-stop conseguimos a liderança, e o carro estava muito bem no tráfego, conseguimos ganhar mais velocidade. Sabia que conseguiríamos batalhar com Kanaan no final”, completou.