Indy

Após testes, Power revela rápida adaptação ao aeroscreen: “Vou me sentir pelado sem”

Will Power se mostrou bastante animado com os primeiros testes do aeroscreen. Piloto australiano acredita que peça se adaptou muito bem ao carro, e imagina que se sentirá “pelado” pela falta de segurança caso pilote o carro sem

Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
Will Power completou mais de 600 milhas em Indianápolis na última quarta-feira (2). O piloto australiano foi um dos escolhidos da Indy para participar do teste do aeroscreen, nova peça colocada no cockpit e que servirá para proteger os pilotos.
 
Power se mostrou muito empolgado com os primeiros testes, e entende que a inovação tem tudo para dar certo na Indy, mesmo que necessite de algumas melhoras. O piloto da Penske acredita que categorias de monopostos podem adotar o aeroscreen no futuro.
 
"Estou tão impressionado com o jeito rápido que isso aconteceu, e sem grandes problemas. Como o Scott falou, a parte da ejeção é algo que eles precisam trabalhar e entender como vai se encaixar, mas a visão é boa. Não tem problema fazer um stint com insetos ou coisas que aparecem na tela", disse na coletiva da Indy após o teste.
A Indy testou o Aeroscreen nesta quarta-feira (02) em Indianápolis (Foto: Indycar)
"Algumas pequenas coisas precisam ser melhoradas, mas sinceramente, estou feliz que temos isso. É um grande passo em termos de segurança e acho que é o melhor dos dois mundos. Você tem o halo e tem uma tela. Acho que as outras categorias de fórmula vão procurar o encaixe", seguiu.
 
Power também comentou que se acostumou rápido com a peça, e acredita que será difícil guiar um carro da Indy sem o aeroscreen, já que o piloto se sentiu muito mais seguro na pista.
 
"Depois que você pilota por um dia, vai se sentir 'pelado' sem. Se você tira, se sente nu porque tem muita proteção ali. Estou muito feliz que estamos avançando com isso", concluiu.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.