F2

Em repetição de treino livre, Palmer é único a baixar de 1min21s e garante pole da GP2 em Monte Carlo. Nasr é 15º

Demorou um pouco, mas Jolyon Palmer voltou a mostrar que é o piloto mais rápido em treinos na GP2. Quando andou forte, foi imbatível, garantindo a segunda pole em três corridas

Warm Up, de Mônaco / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
Não tem para mais ninguém nos treinos da GP2 em 2014. À exceção da classificação em Sakhir, Jolyon Palmer liderou todas as outras sessões, fosse de livres ou classificação. Em Mônaco, não teve a menor possibilidade de acontecer de outra forma. Palmer se mostrou passos à frente dos adversários, fez três tempos abaixo de 1min21s quando ninguém mais conseguiu um que fosse, e garantiu a pole-postion para a primeira corrida da categoria em Monte Carlo com um tempo arrebatador de 1min20s774.

Com a GP2 adotando uma classificação diferente do que aconteceu nas etapas anteriores da temporada, Palmer garantiu o primeiro lugar de todas as filas para o Grupo A, no qual rodou. Sendo assim, a segunda colocação foi do piloto mais rápido do Grupo B, Ryo Haryanto, com 1min21s433, mas uma vez à frente do companheiro Alexander Rossi.
Jolyon Palmer fez a primeira em Mônaco (Foto: GP2/Lat Photo)
Quem seguiu foi Mitch Evans, com o tempo de 1min21s188, melhor que Haryanto. Mas vai largar atrás, assim mesmo. A seu lado na quarta fila, Stéphane Richelmi, piloto da casa. A terceira fila, por sua vez, será formada por dois vencedores de corrida na temporada: Johnny Cecotto Jr em quinto, Stoffel Vandoorne na sexta colocação.

Os brasileiros Felipe Nasr e André Negrão não tiveram boa classificação. Ambos foram à pista no primeiro grupo, e Nasr até começou brigando na dianteira. Mas, no fim das contas, não conseguiu mais que uma oitava posição no grupo, 15ª no geral. Para André Negrão, foi ainda pior. Um erro na última tentativa significou que o piloto ficasse apenas no 12º posto do grupo, 23º no geral.

A primeira corrida acontece às 6h15 (de Brasília) desta sexta, quando não há atividades da F1; enquanto a segunda prova dá a largada às 11h10 do sábado.

Saiba como foi o treino classificatório da GP2 em Mônaco:

Johnny Cecotto, Daniel Abt e Felipe Nasr alternaram a frente nos primeiros minutos da classificação do Grupo 1, com Mitch Evans assustando e, por incrível que pareça, Jolyon Palmer não passando perto de iniciar no comando das ações.
 
E eis que de repente... É Palmer!, saindo da 12ª colocação para a pole provisória com quatro minutos para o fim. Seu 1min20s774 é o tempo mais rápido do fim de semana até agora.
 
Cecotto Jr seguia com o primeiro setor mais rápido da pista, mas acabou atrapalhado por um erro de Abt e teve de abortar o tempo. O venezuelano parecia com muita vontade de mostrar que a vitória na Espanha não foi acidente.
 
Evans guardou o melhor para o final. Com o cronômetro zerado, o piloto da RT cravou o segundo tempo. Mas pouco mais de 0s400 mais lento que o de Palmer, embora seja o segundo melhor giro da GP2 em Mônaco até aqui. Cecotto falhou em melhorar sua volta, ficando em terceiro.
 
Não deu certo para André Negrão, que escapou em sua última volta rápida e acabou cruzando a linha dois segundos após o tempo terminar, impedindo que o brasileiro, de volta após a ausência por questões médicas na Espanha, conseguisse mais que a 12ª posição provisória.
 
Também não foi bom para Felipe Nasr, que não fez nada mais que um 1min22s381, ficando apenas com o oitavo posto. A ordem do primeiro grupo fica: Palmer, Evans, Cecotto Jr, Abt, Raffaelle Marciello, Alexander Rossi, Simon Trummer, Nasr, Kimiya Sato, Tio Ellinas, Connor Daly, Negrão e Takuya Izawa.
 
Primeira rodada de voltas rápidas do Grupo B e Sérgio Canamasas foi quem terminou com o tempo mais rápido, com 1min21s926, com Stefano Coletti seguindo 0s117 atrás. No fim das contas, o espanhol ficaria apenas na sexta colocação do grupo, 12ª geral.
 
Pausa para Adrian Quaife-Hobbs visitar a área de escape, mas o britânico voltou ao traçado sem maiores problemas.
 
Coletti melhorou a volta, fez 1min21s649 e assumiu a dianteira do Grupo B. Stoffel Vandoorne seguiu na cola, em segundo, apenas 0s041 atrás. Mas, logo na sequência, Rio Haryanto anotou 1min21s433, nova frente.
 
E o azar de Stéphane Richelmi... Vinha numa volta excelente e bem arrojada, mas encontrou a lentidão de Haryanto na curva. Em seguida, o piloto da casa até melhorou, mas para fazer o segundo tempo do grupo, apenas.
 
Cronômetro zerado. Haryanto, Richelmi e Vandoorne, os três primeiros. No geral, a pole é de Palmer, com Haryanto em segundo, Evans, Richelmi, Cecotto Jr e Vandoorne completando os seis primeiros postos.

GP2, Mônaco, Grid de largada:

1 JOLYON PALMER ING DAMS 1:20.774  
2 RIO HARYANTO INA CATERHAM 1:21.433  +0.659
3 MITCH EVANS NZL RUSSIAN TIME 1:21.188  +0.414
4 STÉPHANE RICHELMI MCO DAMS 1:21.444  +0.670
5 JOHNNY CECOTTO JR. VEN TRIDENT 1:21.361  +0.587
6 STOFFEL VANDOORNE BEL ART 1:21.508  +0.734
7 DANIEL ABT ALE HILMER 1:21.760  +0.986
8 STEFANO COLETTI MCO RACING ENGINEERING 1:21.649  +0.875
9 RAFFAELE MARCIELLO ITA RACING ENGINEERING 1:21.917  +1.143
10 JULIÁN LEAL COL CARLIN 1:21.752  +0.978
11 ALEXANDER ROSSI EUA CATERHAM 1:22.146  +1.372
12 SERGIO CANAMASAS ESP TRIDENT 1:21.926  +1.152
13 SIMON TRUMMER SUI RAPAX 1:22.296  +1.522
14 ARTHUR PIC FRA CAMPOS 1:22.207  +1.433
15 FELIPE NASR BRA CARLIN 1:22.381  +1.607
16 RENÉ BINDER AUT ARDEN 1:22.270  +1.496
17 KIMIYA SATO JAP CAMPOS 1:22.588  +1.814
18 ADRIAN QUAIFE-HOBBS ING RAPAX 1:22.277  +1.503
19 TIO ELLINAS CHP MP 1:22.681  +1.907
20 FACU REGALIA ARG HILMER 1:22.473  +1.699
21 CONOR DALY EUA LAZARUS 1:22.997  +2.223
22 DANIËL DE JONG HOL MP 1:22.488  +1.714
23 ANDRÉ NEGRÃO BRA ARDEN 1:23.178  +2.404
24 NATHANAËL BERTHON FRA LAZARUS 1:22.632  +1.858
25 TAKUYA IZAWA JAP ART 1:23.259  +2.485
26 ARTEM MARKELOV RUS RUSSIAN TIME 1:23.347  +2.573