FE

Sims comemora “couraça” para vencer em Ad Diriyah “que te faz se sentir novato”

Após a primeira vitória dele na Fórmula E, Alexander Sims afirmou que precisava de proteção para evitar ser atrapalhado pela complicada pista em que a categoria abriu a nova temporada

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro

Alexander Sims terminou a rodada dupla de Ad Diriyah, que abriu a temporada 2019/20 da Fórmula E, como o líder do campeonato. O piloto da BMW anotou as duas poles e venceu a segunda corrida, o que marcou um começo animador para a marca alemã. Segundo ele, entretanto, é necessário tudo isso só foi possível com corpo fechado, porque a pista saudita é bastante complicada para os pilotos. 
 
Sims afirmou que para vencer em Ad Diriyah foi necessária uma couraça para resistir aos percalços do traçado que, aliás, precisou ser modificado na sexta-feira por conta do chão remendado causar problemas em determinada parte da pista.
 
"Você precisa ter uma couraça para competir aqui e aceitar os momentos difíceis, porque, caramba, alguns deles realmente te fazem sentir um completo novato algumas vezes. Leva direto aos tempos de F-Renault, quando estava aprendendo o básico, mas tem que enfrentar pilotos incríveis e todas essas montadoras. É preciso manter a calma e trabalhar pesado", disse ao site inglês 'E-Racing365'.
 
O piloto mostrou gratidão ao time por ter tido o contrato renovado depois de uma temporada de estreia não tão positiva. Sims ainda não tinha vencido na categoria e marcara uma pole apenas antes do último fim de semana.
O pódio do eP de Ad Diriyah (Foto: FIA Fórmula E)
"Ainda bem que, perto do fim da última temporada, as coisas começaram a clicar para mim e acredito que dei confiança para a equipe de que havia mais potencial por vir e que eu merecia continuar para essa temporada e continuar essa incrível jornada", seguiu.
 
Deixou claro, por fim, que é preciso entender que os momentos da temporada nem sempre serão tão satisfatórios. "De forma alguma significa que temos um novo nível alcançado e seremos competitivos em todos os lugares. Claro que espero que sejamos, mas acredito que teremos de seguir trabalhando duro. Viveremos momentos de dificuldade, mas é necessário lembrar estes bons momentos quando as dificuldades vierem", encerrou.  
 
A FE volta com o eP de Santiago, em 18 de janeiro, caso a categoria consiga realizar a prova.
 
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.