F2

GP às 10: Evolução da segurança não muda fato: automobilismo é perigoso por natureza

No GP às 10, Flavio Gomes repercute a morte de Anthoine Hubert na F2 e o novo debate sobre segurança no automobilismo. O jornalista lamenta a perda do piloto, mas ressalta que não há como eliminar o risco do esporte

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim
A morte de Anthoine Hubert na Fórmula 2 em Spa-Francorchamps ditou os rumos do fim de semana do GP da Bélgica de Fórmula 1. No GP às 10 matinal desta segunda-feira (2), Flavio Gomes lamentou o que se tornou um domingo dos mais tristes, mas aprovou a decisão da F1 de manter a corrida. É que, como todos os envolvidos no esporte a motor sabem, não há como eliminar por completo o risco de acidentes graves.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.