carregando
F1

Vettel vira página da Red Bull e adota tom mais sério ao batizar novo carro da Ferrari: o nome é Eva

Famoso por batizar seus carros na F1 com nomes de mulheres, Sebastian Vettel finalmente escolheu como vai chamar a SF15-T, o modelo da Ferrari para a temporada 2015. Eva foi a opção do tetracampeão

Warm Up / Redação GP, de Curitiba
Uma das maiores particularidades de Sebastian Vettel na F1 é batizar seus carros com nomes de mulheres. Agora defendendo a Ferrari, a escolha demorou, ainda era necessário conhecer melhor a 'italiana', mas finalmente o alemão conseguiu decidir como vai chamar o modelo vermelho na temporada que começa neste fim de semana, na Austrália.

Eva foi o nome que o tetracampeão batizou a SF15-T, para sua estreia pela icônica equipe italiana. A escolha reflete um tom mais sério nessa nova fase do alemão.

De acordo com a Bíblica, no Livro de Gênesis, Eva foi a primeira mulher. O nome, que tem origem hebraica, quer dizer "a que vive", "a que tem vida". Porém, no jargão da Nasa, a agência espacial norte-americana, EVA também é a sigla para "atividade extra-veicular". Ou seja, qualquer atividade que os astronautas fazem do lado de fora da estação espacial.
Sebastian Vettel batizou de Eva primeiro carro na Ferrari (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
A escolha de nomes para os bólidos começou ainda na Toro Rosso, quando chamou o modelo de Faenza de Julie. Aliás, a primeira vitória na F1 veio com esse carro, no GP da Itália em 2008. Nos anos seguintes, já na Red Bull, os carros construídos por Adrian Newey também seguiram a tradição, sendo o primeiro chamado de Kate, em 2009. O bólido campeão de 2010 atendia por Luscious Liz e Randy Mandy.

Na sequência, Vettel escolheu Kinky Kylie para o carro de 2011, Abbey para o de 2012 e Hungry Heidi em 2013. No ano passado, o bólido ganhou o nome de Suzie.

Depois dos quatro títulos conquistados com a Red Bull, entre 2010 e 2013, e da temporada apagada no ano passado, Vettel decidiu que era hora de mudar de ares e a equipe mais famosa do grid foi a opção do piloto de 27 anos.