F1

Vettel reafirma força da Ferrari, quebra recorde da pista de novo e lidera terceiro treino livre do GP da Rússia

A Mercedes novamente não foi páreo para uma Ferrari que desponta como grande favorita à pole-position do GP da Rússia. Sebastian Vettel quebrou o recorde da pista de Sóchi, que já era dele, e marcou 1min34s001. E Lewis Hamilton, quarto colocado, foi novamente superado por Valtteri Bottas

Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 


O terceiro treino livre do GP da Rússia, quarta etapa da temporada 2017 do Mundial de F1, confirmou a Ferrari como a grande força do fim de semana até o momento. A sessão realizada na manhã deste sábado (29) em Sóchi mostrou que as SF70-H de Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen continuam bem à frente das Flechas de Prata de Valtteri Bottas e Lewis Hamilton. O tetracampeão do mundo e líder do campeonato quebrou novamente o recorde da pista, que já havia sido batido por ele na última sexta-feira, marcou 1min34s001 e foi o mais rápido do último treino antes da sessão classificatória de logo mais, às 9h (hora de Brasília).

Vettel desponta como o grande favorito à pole, algo que o tetracampeão não conquista desde o GP de Singapura de 2015. Kimi Räikkönen garantiu outro 1-2 da Ferrari e terminoou em segundo, 0s3 atrás de Vettel. Só então veio a primeira Mercedes, guiada novamente por Valtteri Bottas. O finlandês voltou a superar Lewis Hamilton e foi o terceiro colocado. Já o tricampeão do mundo teve dificuldades para encaixar uma boa volta, sobretudo nos últimos minutos da sessão, cometendo um erro que comprometeu aquele que poderia ter sido seu giro mais rápido.
Sebastian Vettel quebrou novamente o recorde da pista e desponta como favorito à pole na Rússia (Foto: Ferrari)
Max Verstappen foi o quinto colocado com a Red Bull, enquanto Felipe Massa conseguiu ser mais rápido que Daniel Ricciardo e garantiu o sexto melhor tempo da sessão com a Williams. Destaque para a Renault de Nico Hülkenberg, que se posicionou em sétimo, obtendo a façanha de bater o tempo de Ricciardo no fim. O australiano, que enfrentou problemas nos minutos finais da sessão, se colocou apenas em oitavo, à frente da Toro Rosso de Carlos Sainz e da Haas de Kevin Magnussen. Fernando Alonso foi o 14º colocado.

Saiba como foi o terceiro treino livre do GP da Rússia de F1

O sábado em Sóchi começou com uma incógnita: a Mercedes conseguiria reagir e emparelhar a disputa com a Ferrari depois de uma sexta-feira totalmente dominada pela escuderia de Maranello? Em teoria, o último treino livre antes da classificação seria um indicativo do que se esperar para a definição do grid de largada do GP da Rússia.

No começo, como de costume, as equipes liberaram os pilotos para a pista para a execução das primeiras voltas de instalação e checagem dos carros e da pista. O primeiro piloto a marcar tempo neste sábado foi o jovem Esteban Ocon, que cravou 1min38s373 com o carro da Force India. A marca logo foi batida pelo seu companheiro de equipe, Sergio Pérez, e pelo piloto da casa, Daniil Kvyat. Todos com pneus supermacios.
Kimi Räikkönen se colocou à frente da tabela de tempos pouco depois que entrou na pista (Foto: Ferrari)
Os primeiros carros com tempo registrados com os ultramacios foram os da Red Bull. Logo, Max Verstappen assumiu a ponta da sessão com 1min37s495, 0s052 mais rápido que Daniel Ricciardo. Kvyat, por sua vez, enfrentava problemas e rodava com sua Toro Rosso. E a Ferrari também estava na pista para as suas primeiras voltas, também com os ultramacios.

Comprovando que está mesmo em um fim de semana bem melhor, Kimi Räikkönen assumiu a ponta do treino ao marcar 1min35s610, sendo 0s191 mais rápido que Sebastian Vettel em sua primeira passagem. A diferença da Ferrari para os tempos estabelecidos pelas Red Bull era brutal: mais de 1s.

A primeira Mercedes a fazer um tempo competitivo em Sóchi neste sábado foi Valtteri Bottas. O finlandês, no entanto, anotou 1min35s623, sendo mais rápido que Lewis Hamilton, com 1min35s700. Mas a Ferrari estava definitivamente melhor, com Vettel sendo o primeiro piloto do dia a andar abaixo de 1min35s, passando a 1min34s933. Räikkönen vinha em segundo.
Felipe Massa se manteve como o 'melhor do resto' ao longo do sábado em Sóchi (Foto: Williams/Twitter)

Felipe Massa, com pneus supermacios, fez uma boa volta e se colocou em sétimo lugar, atrás apenas dos carros de Ferrari, Mercedes e Red Bull. O brasileiro ficou a 2s140 do tempo estabelecido por Vettel, sendo novamente o 'melhor do resto' em Sóchi quando restavam 37 minutos para o fim da sessão. Lance Stroll aparecia em um bom oitavo lugar.

Mas a Mercedes mostrou serviço em Sóchi depois de se ver atrás da Ferrari e colocou Hamilton na ponta do treino. O tricampeão, que foi superado nos dois treinos de sexta-feira por Valtteri Bottas, marcou 1min34s828 e foi 0s105 mais rápido que Vettel antes de recolher para os boxes. Bottas também melhorou seu tempo e subiu para terceiro, deixando o compatriota Räikkönen para trás. Pouco depois, Stroll conseguia encaixar uma boa volta e subia para sexto com pneus ultramacios. Com os supermacios, Massa seguia em oitavo.

Na sequência, a Red Bull melhorou com seus dois pilotos, mas a diferença em relação aos ponteiros continuou acima de 1s. Ricciardo vinha em quinto, 1s212 atrás de Hamilton, sendo seguido de perto por Verstappen. Mais atrás, no pelotão intermediário, Carlos Sainz aparecia em nono lugar, seguido por Sergio Pérez e Daniil Kvyat. Romain Grosjean, com a Haas que voltava a usar os freios Brembo, aparecia em 12º, à frente de Esteban Ocon. Fernando Alonso tinha só o 14º tempo e estava três posições à frente de Stoffel Vandoorne.

Quando restavam 22 minutos para o fim da sessão, Hamilton deixou os boxes usando um jogo novo de pneus ultramacios. Bottas também foi à pista com um novo jogo de ultramacios e encaixou uma volta quase perfeita. Com 1min34s681, o finlandês assumiu a ponta e enfiou 0s147 sobre Lewis. O tricampeão do mundo tentou melhorar e estava em uma volta bastante forte, mas perdeu o controle da sua Mercedes na última curva da pista e continuou com seu tempo.
Lewis Hamilton lutou, mas não conseguiu superar a Ferrari nesta manhã (Foto: Mercedes)
Só que a Ferrari queria reafirmar a sua força na Rússia e conseguiu colocar novamente seus dois pilotos na ponta. Primeiro foi Räikkönen, que marcou 1min34s338 e tomou a liderança. Mas Vettel quebrou de novo o recorde de Sóchi e marcou 1min34s001 para se colocar como o mais rápido da manhã deste sábado.

Bottas conseguiu melhorar um pouco seu tempo e marcou 1min34s364. Hamilton também passou um pouco mais rápido, mas não foi o bastante nem mesmo para superar seu companheiro de equipe, permanecendo em quarto. E Massa retomava a sétima colocação depois de um stint positivo com os pneus ultramacios, batendo Stroll. Pouco depois, o brasileiro melhorava seu tempo ao marcar 1min35s471, superando Ricciardo. O australiano tentou retomar a posição, mas enfrentou problemas no seu carro e acabou sendo batido não apenas pelo brasileiro, mas também por Nico Hülkenberg e sua Renault.

No fim das contas, Vettel confirmou a força da Ferrari e liderou a sessão. Mais do que isso, se colocou como o grande favorito à pole-position logo mais, a partir das 9h (horário de Brasília).

F1, GP da Rússia, Sóchi, terceiro treino livre: 

1   5 Sebastian VETTEL ALE Ferrari 1:34.001   17
2   7 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Ferrari 1:34.338 +0.337 16
3   77 Valtteri BOTTAS FIN Mercedes 1:34.364 +0.363 20
4   44 Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:34.542 +0.541 19
5   33 Max VERSTAPPEN HOL Red Bull Tag Heuer 1:35.452 +1.451 21
6   19 Felipe MASSA BRA Williams Mercedes 1:35.471 +1.470 17
7   27 Nico HÜLKENBERG ALE Renault 1:35.662 +1.661 15
8   3 Daniel RICCIARDO AUS Red Bull Tag Heuer 1:35.830 +1.829 24
9   25 Carlos SAINZ JR ESP Toro Rosso Renault 1:36.164 +2.163 20
10   20 Kevin MAGNUSSEN DIN Haas Ferrari 1:36.556 +2.555 19
11   18 Lance STROLL CAN Williams Mercedes 1:36.649 +2.648 19
12   31 Esteban OCON FRA Force India Mercedes 1:36.676 +2.675 22
13   26 Daniil KVYAT RUS Toro Rosso Renault 1:36.846 +2.845 18
14   14 Fernando ALONSO ESP McLaren Honda 1:36.869 +2.868 12
15   31 Sergio PÉREZ MEX Force India Mercedes 1:36.962 +2.961 21
16   8 Romain GROSJEAN FRA Haas Ferrari 1:37.164 +3.163 20
17   2 Stoffel VANDOORNE BEL McLaren Honda 1:37.182 +3.181 15
18   9 Marcus ERICSSON SUE Sauber Ferrari 1:37.503 +3.502 21
19   94 Pascal WEHRLEIN ALE Sauber Ferrari 1:37.657 +3.656 17
20   30 Jolyon PALMER ING Renault     4
          Tempo 107% 1:40.581 +6.580  
                 
Recorde Sebastian VETTEL ALE Ferrari 1:34.001 29/04/2017  
Melhor volta Nico ROSBERG ALE Mercedes 1:39.094 01/05/2016  

 
PADDOCK GP #75 DEBATE: FERNANDO ALONSO VAI SE DAR BEM NA INDY 500?