F1

Vettel esbanja otimismo e ainda crê em título: “Não há motivo para não acreditar”

Sebastian Vettel pentacampeão já em 2019? O alemão não acha impossível, apesar de reconhecer que isso “não é a primeira coisa que vem à cabeça”. O alemão foca na evolução da Ferrari, que já dá sinais um pouco mais encorajadores

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim
Sebastian Vettel está 74 pontos atrás de Lewis Hamilton, líder do Mundial de Pilotos. A situação está longe de ser a ideal, mas não chega ao ponto de fazer o alemão desistir do pentacampeonato ainda em 2019. Apesar de reconhecer que a Ferrari precisa de um grande salto de desempenho nas próximas etapas, Vettel ainda não dá por impossível uma reviravolta.
 
“Não acho que exista um motivo para não acreditar, mas [o título] não é a primeira coisa que me vem à cabeça quando vou pra cama”, disse Vettel. “Estou ansioso por essa corrida, depois fico ansioso pela próxima. Acho que temos muita coisa por fazer na nossa lista, muito trabalho adiante, e só o tempo dirá. É óbvio que as próximas corridas, até as férias de verão, são como um todo muito importantes. Para virar o jogo nós precisamos de um pacote forte como um todo. Caso contrário, não será suficiente só lutar pela vitória. Precisamos de um pacote forte a ponto de exigir a vitória”, seguiu.
 
O pacote que exige vitórias ainda não existe. A Ferrari só foi ameaçadora em três GP – Bahrein, Canadá e Áustria –, mas não conseguindo triunfar em nenhuma delas. É a Mercedes quem empilha vitórias, com Max Verstappen virando intruso após triunfar no Red Bull Ring.
Sebastian Vettel escolheu acreditar no título (Foto: AFP)
Entretanto, a Ferrari dá sinais que deixam Vettel um tanto confiante. De acordo com o alemão, a equipe começou a entender o que há de errado com o SF90.
 
“Aprendemos muito depois da confusão com algumas peças que não funcionaram como queríamos no GP da França. Acho que a Áustria trouxe alguma clareza e agora temos uma noção de o que está errado em termos de acerto, o que precisa ser mudado. Claro, as próximas semanas vão nos dizer para qual direção nós vamos. Acho que é normal que nem todas as peças tragam o passo adiante que você espera. Há vezes em que elas superam expectativas, o que é ótimo, e há vezes em que ficam abaixo. Acho que, como um todo, precisamos garantir que a gente saiba em que direção estamos indo e seguir nela”, encerrou.
 
Vettel está em Silverstone, casa do GP da Inglaterra deste fim de semana. O alemão triunfou na Inglaterra em 2009 e 2018. 


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.