F1

Vettel diz que “ainda ama o que faz”, mas que “não pode estar feliz” com resultado na Itália

Após novo erro, Sebastian Vettel deixou claro que ainda “ama o que faz” na Fórmula 1, mas que “não pode estar feliz” com o desempenho e o resultado que obteve no GP da Itália, deste domingo. O alemão foi apenas o 13º, enquanto Charles Leclerc venceu a corrida caseira da Ferrari

GRANDE PRÊMIO / Redação GP, de Curitiba
Sebastian Vettel viveu um GP da Itália para esquecer. Mesmo diante da fanática torcida da Ferrari, o alemão não pode evitar os erros e terminou a corrida fora da zona de pontos, apenas na 13ª colocação. O tetracampeão, que largou do quarto posto do grid depois de uma classificação tumultuada no sábado, acabou rodando ainda no início da prova, o que acabou por tirá-lo completamente de uma disputa com o pelotão da frente. 
 
Ao falar aos repórteres em Monza sobre o resultado, o piloto do carro #5 reconheceu que não ficou nada feliz com o dia que atravessou neste domingo. "Não estou feliz", afirmou. "Depois do que aconteceu no começo da corrida, tudo estava acabado, obviamente", completou Seb, que ao tentar voltar à pista depois de escapar, atingiu a Racing Point de Lance Stroll. Vettel foi punido com o um stop and go pela manobra, e perdeu 10s nos boxes.
Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)
"Eu briguei um pouco com o carro para tentar voltar e não consegui ver quem estava vindo", acrescentou o ferrarista, que ainda tomou 3 pontos na carteira, o que eleva sua pontuação para 9, o deixando próximo da marca de 12, que tem como sanção a suspensão por uma corrida.
 
Questionado se ainda gosta do que faz em meio a tantos problemas em 2019, Vettel respondeu: "Eu ainda amo o meu trabalho, mas não posso ficar feliz com esse resultado."
 
"Então, certamente, não estou nada contente com isso. Não posso estar feliz com o dia que tive hoje. Nós tivemos uma boa largada. Eu perdi uma posição, mas logo a recuperei. Depois, alcancei o pelotão, mas acabei perdendo a traseira e aí estava tudo acabado", explicou.
 
Com a grande vantagem de Lewis Hamilton na liderança do campeonato, Vettel está fora de qualquer briga pelo título em 2019. O alemão ocupa no momento a quinta colocação na tabela e está atrás do companheiro Charles Leclerc, que venceu a etapa italiana.

A Fórmula 1 volta daqui a duas semanas com o GP de Singapura. E o GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.