carregando
F1

Verstappen se irrita com abandono por “falha mecânica idiota” no GP do Canadá: “Tem sido tudo uma merda”

Max Verstappen também deixou o GP do Canadá irritado. O jovem holandês abandonou a prova logo nas primeiras voltas enquanto estava na segunda colocação. O piloto da Red Bull não escondeu a frustração com a “falha mecânica idiota” que o tirou da prova

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

Max Verstappen viveu seu terceiro abandono na temporada 2017 da F1 neste domingo (11), no Canadá, e não se conformou com o problema mecânico que o tirou da corrida, enquanto sustentava uma forte segunda colocação. Assim como Daniil Kvyat, o jovem também não escondeu a frustração com a "falha idiota" no carro da Red Bull.
 
Largando da quinta posição do grid, o jovem holandês saiu muito bem e tomou a vice-liderança de Sebastian Vettel, com uma agressiva manobra por fora na primeira curva do circuito Gilles Villeneuve. Só que não permaneceu muito na prova.
 
"O início da corrida foi muito bom, acho que foi a melhor largada que já tive desde que estou na Red Bull", afirmou o piloto à TV Ziggo Sport da Holanda. "Foi tudo fantástico, mas sem sucesso. Estou irritado", completou Max, que achava que tinha ainda a chance de alcançar o pódio.
Max Verstappen não completou o GP do Canadá (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

"Tem sido uma merda, foi uma falha mecânica totalmente idiota. De repente, o carro apagou, incluindo o volante e nem sequer consegui falar com a equipe. Estava acelerando e, de repente, parou. Foi um erro enorme, considerando que estávamos na segunda posição da corrida", disse.
 
"Sabemos que o carro não é tão bom para essa pista, mas poderíamos ter feito mais. Eu já estava me distanciando de Valtteri Bottas, mas não poderia ter alcançado Lewis Hamilton. Ainda assim, acho que poderíamos ter feito um terceiro, na pior das hipóteses", concluiu.
A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA