F1

Verstappen contra-ataca e dispara contra Vettel e Räikkönen por críticas na Bélgica: “Eles deveriam se envergonhar”

Max Verstappen rebateu as críticas sofridas por Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen por sua postura na pista durante o GP da Bélgica e falou grosso ao culpá-los pela batida sofrida na primeira curva da primeira volta. “Eles não têm de fazer drama pelo que aconteceu depois”

Warm Up / Redação GP, de Sumaré

Max Verstappen partiu para o contra-ataque e rebateu as críticas sofridas por Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel por sua postura agressiva no GP da Bélgica, 13ª etapa da temporada 2016 do Mundial de F1, disputada no último domingo (28) em Spa-Francorchamps. Räikkönen e Verstappen reeditaram um duelo travado há pouco mais de um mês, na Hungria, e novamente o holandês jogou duro contra o ‘Homem de Gelo’, que disparou via rádio e considerou sua postura como “ridícula”. Vettel disse que o piloto da Red Bull “não foi muito inteligente”.
 
Mas na visão de Verstappen, a dupla da Ferrari arruinou suas chances de um bom resultado em Spa-Francorchamps. Logo na primeira curva da corrida, Max, Räikkönen e Vettel entraram juntos na La Source, com os três se envolvendo no incidente. Verstappen ficou com a asa dianteira danificada, Räikkönen teve de ir para os boxes e Vettel rodou na pista. No fim das contas, o holandês, que largou em segundo, acabou sendo o maior prejudicado, já que terminou em 11º lugar, fora da zona de pontuação.
 
Verstappen esbravejou contra Vettel e Räikkönen e os culpou pelo incidente que arruinou sua chance de faturar um bom resultado na Bélgica, onde correu com o apoio de muitos fãs vindos da Holanda.
Verstappen acusou Vettel e Räikkönen de arruinarem sua corrida no início do GP da Bélgica (Foto: Reprodução)
“Acho que eles deveriam se envergonhar de ter causado uma colisão como essa com a quantidade de experiência que têm e logo reclamarem de mim, de modo que eles não têm de fazer drama sobre o que aconteceu depois. Eles têm de entender que eu não estava contente com eles depois de terem me prejudicado na corrida”, bradou.
 
“Havia espaço para três carros. Quando me coloquei ao lado de Kimi, ele começou a me espremer contra o muro. Se Vettel não tivesse rodado e tivesse deixado um metro de espaço, todos teríamos passado. No vídeo se vê claramente quando Vettel roda e ele se vai contra Räikkönen. Logo, o carro de Kimi acerta o meu”, acrescentou Max.
 

O jovem de 18 anos justificou sua postura agressiva no duelo contra Räikkönen. “Se eles prejudicam minha corrida, não vou tornar a deles fácil, acho que eles deveriam entender. Não vou dizer a eles: ‘venha, passe’, depois de tudo o que aconteceu na primeira curva. Se não tivesse acontecido isso, eu não seria tão agressivo e não teria agido com Kimi desta forma.”
 
Agora, Max vai para Monza com a expectativa de deixar para trás o fim de semana frustrante na Bélgica. Ao comentar sobre a fala de Vettel, que disse que gostaria de falar com ele sobre os incidentes em Spa, Verstappen foi categórico. “Começa tudo de novo, e vamos tratar de conseguir o melhor resultado. Vettel pode vir falar comigo, mas antes ele vai ter de se dar conta do que fez na primeira curva”, finalizou.
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1