carregando
F1

Verstappen admite que conta com Ricciardo para acertar carro da Red Bull por “não ter ideia de que direção seguir”

Max Verstappen admitiu que conta com a ajuda do trabalho feito por Daniel Ricciardo para acertar o RB12. Mais jovem vencedor da história da F1, o holandês avaliou que vai precisar de uma temporada inteira para se sentir completamente confiante com o carro da Red Bull

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Titular da Red Bull desde o GP da Espanha, Max Verstappen admitiu que ainda está aprendendo a acertar o RB12. O holandês, que foi promovido pela equipe dos energéticos em substituição ao rebaixado Daniil Kvyat, afirmou que está contando com a ajuda de Daniel Ricciardo.
 
Em sua prova de estreia pela escuderia comandada por Christian Horner, Verstappen se tornou o mais jovem vencedor da F1, superando Sebastian Vettel. Em Mônaco, por outro lado, Max foi superado por Ricciardo na classificação e na corrida.
Max Verstappen admitiu que ainda conta com o trabalho de Daniel Ricciardo para acertar o RB12 (Foto: Mark Thompson/Getty Images)

Questionado nesta quinta-feira (9) se está aprendendo com Ricciardo a preparar o RB12, Verstappen respondeu: “Definitivamente. Ele tem muita experiência”.
 
“Você tenta ver o que eles estão fazendo, porque eu ainda não tenho ideia de que direção seguir, pois eu nunca guiei o carro aqui, por exemplo”, disse. “Você depende das informações do ano passado, mas você não estava no carro, então é um pouco diferente”, continuou.
 
Além disso, Max declarou que não se sentirá completamente confiante no carro da Red Bull enquanto não tiver uma temporada completa com o bólido.
 
“Não é só se acostumar com o carro ou como acertá-lo. É principalmente a experiência que você não tem”, relatou. “Com a Toro Rosso, eu tive a experiência do ano passado e você sabe um pouco mais da direção a seguir”, ponderou.
 
“[Com a Red Bull], antes de mais nada, você tem de acertar o carro de uma maneira completamente diferente, porque é um carro completamente diferente, então ainda estou adivinhando um pouco e seguindo as orientações”, comentou. “Leva um ano para você passar por todos os lugares. Você só precisa ganhar experiência com o novo carro”, concluiu.
 
O GRANDE PRÊMIO vai transmitir, como de costume, os treinos livres, a classificação e a corrida em Montreal no tradicional TEMPO REAL. E sugere a todos a seguir nossa conta no Twitter — também com transmissão alternativa de todas as atividades em pista —, curtir nossa página no Facebook e ficar ligado em nosso Instagram.

Que tal participar do Fantasy F1 e concorrer a prêmios? Inscreva-se no 'Fantasy F1 Grand Prix du Canada (RtAD) 2016'.

Funciona assim: forme uma equipe com um orçamento de 115 milhões de euros. Seus pilotos marcarão pontos com base nos resultados das corridas (pontos de corrida) e na diferença entre a posição final e a posição da qualificação (pontos de bônus).

Ficou interessado? Vem e entre nesta com a gente.
 
PADDOCK GP #32 DEBATE MotoGP, F1, INDY E STOCK CAR