F1

Sainz bate muito forte em Sóchi, e direção de prova encerra terceiro treino livre do GP da Rússia de F1

Quando restavam 25 minutos para o fim do último treino livre antes da classificação do GP da Rússia, a sessão foi interrompida com bandeira vermelha por conta de uma batida fortíssima sofrida por Carlos Sainz Jr., que chocou sua Toro Rosso no soft-wall

Warm Up / Redação GP, de Sumaré
O terceiro treino livre do GP da Rússia de F1 teve um momento dos mais tensos e que causou a interrupção da sessão quando restavam 25 minutos para o fim. Na manhã deste sábado (10), Carlos Sainz Jr. bateu muito forte sua Toro Rosso em meio a uma barreira de proteção no circuito do Parque Olímpico de Sóchi, causando desde cara a interrupção do treino, que então era liderado por Nico Rosberg, da Mercedes. Pouco depois, a direção de prova optou por encerrar prematuramente o terceiro treino na Rússia.

Em princípio, não houve repetição da imagem da batida na curva 13, no fim da reta oposta do circuito russo. Logo de prontidão, as equipes de resgate e atendimento médico se dirigiram ao local para verificar o estado do piloto espanhol, que estreia na F1 neste ano.
Carlos Sainz bateu muito forte na barreira de proteção localizada na curva 13 em Sóchi (Foto: Reprodução)
O carro da Toro Rosso bateu antes no muro da reta oposta, mas Sainz não conseguiu controlar o impacto e se chocou de frente contra a barreira de proteção, causando muita preocupação no paddock da F1.

Pouco depois, a direção de prova optou por encerrar prematuramente a sessão em Sóchi, colocando Nico Rosberg na frente do treino. Mas a grande preocupação mesmo era com as condições de saúde de Sainz, que estava sendo resgatado naquele momento.

Depois de algum tempo, as notícias sobre Sainz foram mais animadoras. O piloto foi removido ao centro médico e, ao ver que as imagens o focalizaram, acenou para as câmeras com um sinal de positivo, garantindo que estava bem naquele momento. A FIA confirmou pouco depois que Carlos estava consciente e acordado, sendo levado apenas para o centro médico para a realização dos exames de praxe.

Um porta-voz da entidade declarou: "O piloto está consciente. Ele está Ok. Ele conversou com os médicos e aparentemente passa bem. Agora, vamos ver o que acontece. Mas ele está consciente, conversando e até tentou retirar sozinho o capacete."
Estado do carro de Carlos Sainz após batida fortíssima do espanhol em Sóchi (Foto: Auto Bild/Twitter)
Pouco depois, foi a vez de Franz Tost, chefe da Toro Rosso, ratificar a informação fornecida pela FIA e tratar de tranquilizar a todos. "Carlos está consciente, ele está com os médicos agora. Eles vão ver se ele vai poder correr no fim de semana", disse.
 

A fase é tão ruim que Alonso toma patada da MANOR http://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/alonso-diz-que-nem-com-motor-de-aviao-manor-anda-a-frente-da-mclaren-e-leva-resposta-atravessada-no-twitter

Posted by Grande Prêmio on Sexta, 9 de outubro de 2015
PADDOCK GP
Assista à edição #1 da mesa-redonda do GRANDE PRÊMIO