carregando
F1

Rosberg abandona GP da Rússia ainda nas voltas iniciais com problema no pedal do acelerador

Nico Rosberg largou na pole e manteve a ponta do GP da Rússia, mas logo teve de entregar a dianteira e, possivelmente, as chances que lhe restavam de reagir no campeonato devido a um problema no acelerador de sua Mercedes

Warm Up / RENAN DO COUTO, de São Paulo
Se já não bastasse a Lewis Hamilton todo o talento e a competência que o fizeram chegar a Sóchi com 48 pontos de vantagem para Nico Rosberg, um pouco de sorte também lhe caiu muito bem neste domingo (11). No dia em que Rosberg fez a pole e manteve a ponta na largada, o caminho do britânico ficou facilitado com o abandono precoce do colega de Mercedes.

Rosberg sofreu com um problema no pedal do acelerador que o levou a se retirar da prova ainda nas voltas iniciais. O germânico percebeu o problema durante a intervenção do safety-car provocado pelo acidente da largada, entre Nico Hülkenberg e Marcus Ericsson, e bem que tentou lidar com a situação após a relargada, mas não foi possível.
Rosberg manteve a liderança na largada em Sóchi. Mas seria inútil (Foto: AP)
Rapidamente ultrapassado por Hamilton e por Valtteri Bottas, Nico recolheu para os boxes e encerrou ali sua participação no GP da Rússia.

“Não é bom quando há um problema no pedal do acelerador. Estava vindo cada vez mais na minha direção, então eu tinha que encolher a minha perna e, no final, não dava mais para virar o volante”, explicou o piloto ao conversar com os jornalistas após a prova.
 
“A primeira vez que aconteceu foi durante o safety-car”, relatou. “Agora eu não estou pensando no campeonato, estou só desapontado por hoje e vou pensar no resto depois.”

Foi o segundo abandono de Rosberg em 15 corridas em 2015. O outro foi no GP da Itália, quando seu motor quebrou nas voltas finais e custou a terceira colocação.


 

Lotus de Grosjean fica destruída em acidente durante o GP da Rússia de F1...

Posted by Grande Prêmio on Domingo, 11 de outubro de 2015