carregando
F1

Renault teme interesse de rivais por Ricciardo e aposta fichas em projeto de 2021

Alain Prost, diretor não-executivo da Renault, entende que Daniel Ricciardo só renova para 2021 se sentir confiança no projeto do novo carro. O dirigente lamentou que 2020 seja um novo ano sem esperanças de ver o australiano lutar na ponta

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim
Daniel Ricciardo, com contrato apenas até o fim de 2020, já é assunto na Renault. A equipe francesa tenta assegurar um novo contrato com o australiano para 2021 e além, mas sabendo que ainda não ofereceu nada de muito empolgante em troca. Falando na pseudo-apresentação do R.S.20, o diretor não-executivo Alain Prost reconheceu que precisa dar sinais positivos a respeito do projeto do próximo ano para convencer Ricciardo a permanecer em Enstone.
 
“A gente precisa falar a verdade e é claro que não temos grandes expectativas para esse ano. É uma pena para o Daniel, porque é um segundo ano sem muita coisa melhorando”, disse Prost.
 
“Acho que [a renovação] tem mais a ver com as percepções dele sobre o que podemos fazer para 2021, sendo também realista a respeito de propostas que ele vai receber de outras equipes. Ele vai decidir isso por conta própria, mas vamos conversar em breve. Não temos tudo em nossas mãos, isso é fato”, seguiu.
Daniel Ricciardo ainda não tem contrato para além de 2020 (Foto: Renault)
Ricciardo deixou a Red Bull ao fim de 2018 na expectativa de que a Renault desse passos nítidos rumo ao pelotão dianteiro. Não aconteceu, com os franceses nem sequer sendo a melhor das equipes médias. Mesmo assim, isso não é motivo para Daniel perder as esperanças no trabalho da escuderia. É aí que entra a importância de 2021, ano em que o regulamento técnico muda de forma drástica, prometendo mudanças na divisão de forças da F1.
 
“Não tenho nada acertado com a Renault para além desse ano, mas, independente do que aconteça ao longo dos próximos meses, estou 100% comprometido com a Renault e tentando fazer isso funcionar”, comentou Ricciado. “Ainda não pensei em ir para outros lugares. Ano passado foi uma incógnita, mas realmente acho que esse ano temos mais coisas encaixadas para ir na direção certa, conseguir coisas que imaginava quando assinei o contrato. Eu acredito que podemos ter um shoey com um carro amarelo e certamente estou dentro e tentando transformar isso em realidade”, encerrou.
 
Ricciardo parte para a nova temporada agora com Esteban Ocon como companheiro de equipe. A pré-temporada começa em 19 de fevereiro, isso enquanto o GP da Austrália, primeiro de 2020, fica para 15 de março.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.