F1

Räikkönen volta a criticar Verstappen e o detona por manobra na Bélgica: “Poderia ter causado um grande acidente”

Kimi Räikkönen não escondeu seu enfado com a postura agressiva de Max Verstappen ao defender sua posição durante o GP da Bélgica. O finlandês chegou a definir a atitude do piloto da Red Bull como ridícula, relembrando o duelo ocorrido há pouco mais de um mês, na Hungria

Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré

A rivalidade entre o piloto mais velho do grid e o mais novo ganhou novo capítulo neste domingo (28), no GP da Bélgica de F1. Pouco mais de um mês depois de Kimi Räikkönen e Max Verstappen duelarem pelo quinto lugar do GP da Hungria, a disputa foi reeditada em Spa-Francorchamps, circuito bem mais rápido e desafiador que Hungaroring. Novamente, Kimi detonou o rival taurino por sua postura na pista.
 
Ainda na largada, houve o primeiro incidente. Verstappen foi espremido na curva Source, a primeira do circuito belga, por Räikkönen e também por Sebastian Vettel, que rodou. Mas tanto Kimi como o holandês também enfrentaram problemas, com Max tendo de entrar nos boxes para trocar a asa dianteira.
A batalha entre Räikkönen (ao centro) e Verstappen começou logo na primeira curva do GP da Bélgica (Foto: Reprodução)
Aí, após a interrupção da prova em razão da batida forte de Kevin Magnussen na Raidillon, Verstappen e Räikkönen lutavam lado a lado pela 14ª colocação e quase se tocavam na Les Combes, para desespero do finlandês, que bradava via rádio: “O único interesse dele é me tirar da pista”, lembrando justamente do duelo entre eles no GP da Hungria. 
 
Em seguida, outra vez o holandês foi duro contra Kimi, que detonou o rival: “É ridículo!”.
 
Após o fim da corrida, pouco depois de ter superado Felipe Massa para terminar em décimo lugar, quando questionado sobre a postura de Verstappen, Räikkönen não escondeu sua irritação. “Eu sou amplamente favorável a uma batalha justa e boas disputas nas corridas, mas quando eu tenho de frear para não bater nele porque ele se move depois que eu faço a manobra primeiro, isso não é o certo.”
 

“Ele poderia ter causado um grande acidente. Se eu tiver de frear em alta velocidade... eu nunca tive isso da parte de nenhum outro piloto”, disparou o ‘Homem de Gelo’.
 
Verstappen, quando questionado sobre as críticas do piloto da Ferrari, deixou claro que foi limpo e deu de ombros para as queixas do rival: “Se não gostou, problema dele”.


PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1