F1

Räikkönen supera Vettel por pouco antes da chuva e encerra sexta na frente na Malásia. Massa é terceiro

Kimi Räikkönen mostrou a força da Lotus e manteve a grande forma no primeiro dia de treinos livres em Sepang. Segundo pela manhã, o finlandês bateu a Red Bull de Sebastian Vettel à tarde para fechar a sexta-feira (22) na frente. Felipe Massa garantiu o terceiro tempo

Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré

Em grande fase, Kimi Räikkönen manteve a boa forma e assegurou o melhor tempo desta sexta-feira (22), primeiro dia de treinos livres visando o GP da Malásia, em Sepang. Segundo mais rápido na sessão matinal no circuito asiático, o piloto da Lotus garantiu a volta mais rápida do período da tarde. Com 1min36s569, o líder do Mundial de Pilotos confirmou o bom desempenho do E21 e colocou 0s019 de vantagem em cima de Sebastian Vettel, o segundo colocado.

Felipe Massa garantiu uma boa terceira colocação em Sepang, sendo mais rápido que seu companheiro de Ferrari, Fernando Alonso. Líder do treino pela manhã, Mark Webber não conseguiu mais do que o quinto posto na classificação, ficando a 0s457 do tempo de Räikkönen. Romain Grosjean colocou a segunda Lotus no top-6, indicando a ordem de forças composta pela equipe aurinegra, Red Bull e Ferrari entre as tops na Malásia.

Kimi Räikkönen foi o mais rápido do primeiro dia de treinos em Sepang (Foto: Getty Images)

A Mercedes, que andou bem na Austrália, foi apenas razoável em Sepang. Nico Rosberg foi o sétimo colocado, enquanto Lewis Hamilton repetiu o nono lugar pela manhã. Entre eles, apareceu a Force India de Paul di Resta. O outro carro da equipe de Silverstone, pilotado por Adrian Sutil, fechou o top-10. As McLaren de Sergio Pérez e Jenson Button fecharam em 11º e 12º, respectivamente.

O treino teve dois momentos distintos. O primeiro teve a pista seca, e foi aí que os 22 pilotos do grid tiveram mais chance de avaliar melhor o comportamento dos pneus, que apresentavam alto desgaste, fruto do calor no circuito malaio. Já os últimos 30 minutos de sessão foram realizados debaixo de pista molhada.

As informações do GP da Malásia em tempo real
Especial F1 2013, a temporada imprevisível
A volta virtual em Sepang, narrada por Massa
As imagens desta sexta-feira na Malásia

Saiba como foi o segundo treino livre do GP da Malásia de F1

O calor era ainda mais forte no momento do início do segundo treino livre em Sepang. Os termômetros marcavam 32ºC de temperatura ambiente e 40ºC na pista, algo que influenciaria sobremaneira no desgaste dos pneus duros e médios, que foram usados na metade final do treino. Logo no início das atividades, vários pilotos foram à pista e já para a realização de voltas cronometradas no circuito malaio, que tinha muitas nuvens pesadas em seu redor.

A princípio, os pilotos foram à pista usando os pneus duros, identificados pela Pirelli pela cor laranja. Os bons tempos não demoraram a aparecer. No começo das atividades vespertinas em Sepang, Alonso cravou 1min37s373 e assumiu a liderança provisória da sessão, bem mais movimentada que o treino livre da manhã na Malásia.

Uma das preocupações dos pilotos e das equipes era ter o maior tempo possível na pista com tempo seco, já que a chuva parecia
querer dar as caras em Sepang. Inclusive, no começo da sessão, algumas gotas d’água deram o ar da graça no circuito asiático, mas nada que comprometesse, ao menos naquele momento, o cronograma estabelecido pelos times.

Räikkönen, muito forte não apenas em Melbourne, mas também neste começo de fim de semana na Malásia, passou Alonso pouco tempo depois para assumir a liderança com equilibrado Lotus E21. Em uma boa sequência de voltas rápidas, Kimi cravou 1min37s042, exibindo a boa forma do time aurinegro em Sepang.

A sessão não estava das mais fáceis para os novatos. Max Chilton, da Marussia, enfrentou problemas com o pneu traseiro direito furado. Já Esteban Gutiérrez, da Sauber, teve uma inusitada falha no seu extintor de incêndio, que foi acionado acidentalmente após o mexicano passar por uma zebra no circuito asiático.

Felipe Massa foi o terceiro mais rápido do segundo treino livre na Malásia (Foto: Getty Images)

O que impressionava era o alto desgaste dos pneus. Os compostos duros não duravam mais do que seis voltas antes de se desfazerem por completo, tornando a vida dos pilotos mais difícil. Fruto do calor malaio e da própria natureza dos novos pneus. Era de se esperar, então, que os compostos médios se desgastariam ainda mais rapidamente.

Aos 15 minutos de sessão, os primeiros pilotos deixaram os boxes calçados com pneus médios para realizarem a avaliação dos compostos mais macios do fim de semana e seu comportamento no asfalto de Sepang. Com os novos pneus, Massa subiu para a primeira posição na tabela de tempos ao marcar 1min36s661. Em seguida, Alonso realizou sua volta rápida, mas não conseguiu superar o tempo do brasileiro, ficando a 0s3 do parceiro de equipe na Ferrari.

Aí a dupla da Red Bull foi quem deixou os boxes com pneus médios. Foi inevitável. Vettel, em sua primeira volta rápida com os novos pneus, assumiu a ponta e virou 1min36s588, superando Massa. Assim, o tempo de Sebastian foi cerca de 0s8 melhor do que sua então melhor marca com pneus duros. Esse tempo era, em média, a diferença entre os dois compostos em Sepang após uma hora de treino.

Kimi apareceu de novo na pista, desta vez, usando os pneus médios. E o finlandês deu mais um indicativo de que sua Lotus está sobrando neste começo de fim de semana. Räikkönen cravou 1min36s569, sendo 0s5 mais rápido em relação à sua melhor marca estabelecida com pneus duros. Kimi superou Vettel por meros 0s019 com a pista ainda seca, mas a chuva insistia em querer dar as caras em Sepang.

Entretanto, existia apenas alguns trechos com garoa naquele momento, faltando 50 minutos para o fim da sessão. Faltava Hamilton fazer uma boa volta com sua Flecha de Prata. O britânico estava apenas na 20ª colocação, mas conseguiu fazer uma volta bastante razoável com pneus médios e subiu para o nono posto, ficando duas posições atrás do seu companheiro de Mercedes,  Rosberg.

Vettel manteve a Red Bull entre as ponteiras em Sepang nesta sexta-feira (Foto: Getty Images)

No momento em que a chuva finalmente apareceu, ainda que em alguns trechos — entre as curvas 5 e 8 —, muitos pilotos deram início a stints mais longos e com os respectivos carros dotados de acerto para corrida. Assim, os tempos de volta estavam muito acima das melhores marcas da sessão. Além disso, a pista estava cada vez mais escorregadia, tornando o treino ainda mais desafiador aos competidores.

Quando Räikkönen deixou a pista para dar abrir uma sequência de voltas com os pneus médios, finalmente a chuva veio de vez e deixou a pista bastante encharcada e escorregadia. Assim, o piloto da Lotus andou 8s mais lento em relação à sua melhor volta em Sepang, praticamente encerrando a sessão em termos de avaliação dos pneus e do acerto dos carros, quando faltavam 34 minutos para o fim do treino. Daí por diante, alguns pilotos foram à pista usando pneus intermediários ou de chuva forte nos minutos finais de sessão em Sepang. A pista até secou nos minutos finais, mas os tempos foram mantidos até o fim da sessão. 


F1, GP da Malásia, Sepang, treino livre 2:

 1 Kimi RÄIKKÖNEN FIN Lotus Renault 1:36.569   28
 2 Sebastian VETTEL ALE Red Bull Renault 1:36.588 +0.019 27
 3 Felipe MASSA BRA Ferrari 1:36.661 +0.092 33
 4 Fernando ALONSO ESP Ferrari 1:36.985 +0.416 23
 5 Mark WEBBER AUS Red Bull Renault 1:37.026 +0.457 29
 6 Romain GROSJEAN FRA Lotus Renault 1:37.206 +0.637 26
 7 Nico ROSBERG ALE Mercedes 1:37.448 +0.879 32
 8 Paul DI RESTA ESC Force India Mercedes 1:37.571 +1.002 30
 9 Lewis HAMILTON ING Mercedes 1:37.574 +1.005 32
10 Adrian SUTIL ALE Force India Mercedes 1:37.788 +1.219 10
11 Sergio PÉREZ MEX McLaren Mercedes 1:37.838 +1.269 21
12 Jenson BUTTON ING McLaren Mercedes 1:37.865 +1.296 29
13 Nico HÜLKENBERG ALE Sauber Ferrari 1:38.068 +1.499 31
14 Esteban GUTIÉRREZ MEX Sauber Ferrari 1:38.645 +2.076 23
15 Jean-Éric VERGNE FRA Toro Rosso Ferrari 1:38.738 +2.169 31
16 Pastor MALDONADO VEN Williams Renault 1:38.801 +2.232 26
17 Daniel RICCIARDO AUS Toro Rosso Ferrari 1:38.904 +2.335 31
18 Jules BIANCHI FRA Marussia Cosworth 1:39.508 +2.939 29
19 Valtteri BOTTAS FIN Williams Renault 1:39.660 +3.091 28
20 Charles PIC FRA Caterham Renault 1:40.757 +4.188 29
21 Giedo VAN DER GARDE HOL Caterham Renault 1:40.768 +4.199 32
22 Max CHILTON ING Marussia Cosworth 1:41.438 +4.869 23
  TEMPO 107% TL1     1:43.329 +6.760  
               
REC Fernando ALONSO ESP Renault R25   1:32.582 19/03/2005  
MV Juan Pablo MONTOYA COL Williams BMW FW26   1:34.223 21/03/2004  
               
  Condições do tempo  
NUBLADO | CHUVA |
SOL ENTRE NUVENS
  ar: 30-32ºC | pista: 29-40ºC
Pneu médio   Pneu duro      

Tabela melhor visualizada em fonte DINMittelSchrift