carregando
F1

Räikkönen mostra incômodo com quarto lugar e diz que rodada foi “exatamente a mesma história do ano passado”

Kimi Räikkönen não ficou muito feliz com o quarto lugar que conquistou no GP do Canadá deste domingo (7). Segundo ele, não foi o que o time havia planejado. Já sobre a rodada que deu, explicou que o problema é o mesmo que o fez ter a mesma dificuldade um ano atrás

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

Sem Sebastian Vettel por perto, Kimi Räikkönen era o grande favorito para ser o terceiro colocado do GP do Canadá deste domingo (7). O campeão mundial de 2007 até mostrou ímpeto, tentou passar Nico Rosberg na largada, mas sua prova foi marcada mesmo por uma rodada forte no meio da prova. Räikkönen terminou no quarto lugar, logo à frente de Vettel, atrás de Valtteri Bottas.
 
Kimi atacou Rosberg na largada, tentando achar um espaço para quebrar o ritmo de dobradinha da Mercedes. Mas ao não conseguir, perdeu sua chance. A briga pela maior parte do tempo foi com Bottas, que o acabou passando após a parada no box. Tentando se recuperar, Räikkönen rodou feio no hairpin de forma bem semelhante ao que aconteceu no ano passado.
 
"Não era o que queríamos. Os pneus estavam mais ou menos bem. Neste circuito, consumo de combustível faz a diferença, e isso limitou nossa velocidade. Por alguma razão, na volta de saída do box algo estranho aconteceu, o carro acelerou demais e rodei", disse.

VIU ESSA? CARRO DESCE LADEIRA SOZINHO NA F4 ALEMÃ E ACERTA OUTRO

"A rodada é exatamente a mesma história do ano passado. Nenhum problema nos treinos, mas por alguma razão há uma coisa estranha acontecendo, e simplesmente dá muita potência na recuperação pós-freada que você não consegue controlar. Não é o ideal", explicou o finlandês.
 
"Tenho certeza que consertamos no ano passado, mas não sei o que houve. É uma coisa muito estranha, porque simulamos, treinamos, não tinha problema até agora neste ano e aconteceu hoje. Eu não sei a resposta", seguiu.
 
Enquanto Kimi deixou ser quebrada a sequência da Ferrari, que havia ido ao pódio em todas as corridas de 2015, Vettel foi um dos nomes da prova ao sair da 18ª posição e chegar no quinto lugar.
 
Próxima etapa do Mundial de F1, o GP da Áustria acontece daqui a duas semanas, em 21 de junho, no Red Bull Ring. Em 2014, Felipe Massa fez a pole e Nico Rosberg venceu.