carregando
F1

Por hexa e recuperação, Hamilton e Flörsch recebem Prêmio Laureus de 2020

As duas figuras do mundo do esporte a motor receberam os prêmios de Esportista Masculino do Ano, no caso de Lewis Hamilton - empatado com Lionel Messi -, e Recuperação do Ano, no caso de Sophia Flörsch

Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
Uma dupla da velocidade recebeu estatuetas do Laureus, o 'Oscar do esporte', na tarde desta segunda-feira (17). Lewis Hamilton recebeu um dos dois principais prêmios da lista, o de Esportista Masculino do Ano, enquanto a alemã Sophia Flörsch foi escolhida como a responsável pelo prêmio World Comeback of the Year - algo como Recuperação do Ano.
 
No caso de Hamilton, o prêmio é, pela primeira vez na história, dividido entre dois vencedores. Além de Hamilton, no ano de seu sexto título mundial de F1, Lionel Messi, que foi campeão espanhol na última temporada e venceu a Bola de Ouro, maior prêmio individual do futebol, pela sexta vez na carreira, também foi premiado. 
 
É a quarta vez que um piloto da F1 vence o Esportista do Ano. Michael Schumacher foi o escolhido em 2002 e 2004, enquanto Sebastian Vettel foi o premiado de 2014. Em 2019, o tenista Novak Djokovic vencera. Assim como Hamilton, Messi jamais fora o escolhido.
 
Indicado outras vezes, Hamilton tinha um Laureus na prateleira: o de Revelação do Ano de 2008. Este mesmo prêmio já foi ganho por Juan Pablo Montoya, em 2002, Jenson Button, em 2010, Marc Márquez, em 2014, Daniel Ricciardo, em 2015, e Nico Rosberg, em 2017.
Flörsch (à direita), recuperou-se e vai guiar num trio feminino ao lado de Legge e Calderón na European Le Mans Series (Foto: Reprodução)
Já Flörsch voltou às corridas em 2019 após sofrer o assustador acidente do GP de Macau de 2018, quando o carro dela levantou voo após um acidente e passou por dentro da torre dos fotógrafos. Apesar das lesões, a pilota se recuperou rapidamente. 
 
O prêmio de Recuperação do Ano já havia ido para o esporte a motor com Alessandro Zanardi, em 2005, e Valentino Rossi, em 2011.
 
Além de Hamilton, Messi e Flörsch, o Laureus de 2020 premiou a ginasta Simone Biles como Atleta Feminina do Ano, a seleção sul-africana de rúgbi como Equipe do Ano, o ciclista Egan Bernal como Revelação do Ano, a esquiadora Oksana Masters como Atleta com Deficiências do Ano e Chloe Kim, do snowboard, como Atleta de Classe do Ano. Além disso, os prêmios de Esporte para o Bem do Ano e Feito Excepcional de Base do Ano foram, respectivamente para o time de futebol South Bronx United e a Federação Espanhola de Basquete.


Paddockast #48
MELHORES PILOTOS BRASILEIROS DA DÉCADA


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.