carregando
F1

Pérez se aproxima de tempo da pole de 2012 e lidera segundo dia de treinos coletivos da F1 em Barcelona

Mexicano colocou a McLaren na primeira posição pela primeira vez desde que chegou ao time de Woking. Campeão mundial, Sebastian Vettel ficou na segunda posição

Warm Up / RENAN DO COUTO, de São Paulo

Confira as imagens exclusivas do GP nos testes em Barcelona

Líder do primeiro dia de testes da F1 em 2013, com Jenson Button, em Jerez, a McLaren terminou todos os dias seguintes na sétima posição. Nesta quarta-feira (20), porém, o time inglês decidiu que queria voltar ao topo da folha de tempos, e Sergio Pérez foi o mais rápido do segundo dia de atividades em Barcelona.

Usando pneus macios, o mexicano de 22 anos se aproximou da marca mais rápida do treino classificatório para o GP da Espanha de 2012. Pérez cravou 1min21s848, 0s1 mais lento que seu antecessor na McLaren, Lewis Hamilton.

Sergio Pérez foi o mais rápido da quarta-feira (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

Confira imagens do segundo dia de treinos coletivos da F1 em Barcelona

Pérez superou o líder do período matutino, o tricampeão mundial Sebastian Vettel, um pouco antes das 11h (de Brasília). O alemão da Red Bull nem tentou retomar a ponta. Foi com o tempo mais rápido da manhã, 1min22s726, que Vettel garantiu a segunda posição, também com pneus macios.

Vettel causou uma das duas bandeiras vermelhas do dia. No fim da 36ª volta de um stint longo, o piloto entrou nos boxes, e a RBR fez uma simulação de pit-stop. No retorno à pista, seu carro ficou parado e foi rapidamente levado de volta para a garagem.

A outra paralisação encerrou as atividades quatro minutos mais cedo do que o previsto. Foi a Marussia de Max Chilton que estacionou entre as curvas 12 e 13. Chilton foi o décimo colocado nos treinos, com uma melhor volta de 1min25s115, 3s2 mais lento que Pérez.

Kimi Räikkönen andou pouco em seus dois dias de pista em Barcelona: 87 voltas ao todo (Foto: Getty Images)

A terceira posição foi do finlandês Kimi Räikkönen, o piloto que menos andou nesta quarta. Após apenas quatro voltas durante a manhã, a Lotus E21 voltou aos boxes. No Twitter, o time esclareceu a situação: “Negamos que estamos tendo um café da manhã mais longo. Estamos trocando o cambio”. Räikkönen retornou somente para a hora final de treinos, completou 43 giros e cravou 1min22s697 fazendo uso dos pneus médios.

Junto de Paul di Resta, Kimi esteve no pequeno grupo de dois pilotos que não teria completado o GP da Espanha, cuja duração é de 66 voltas.

O top-5 foi completado pelos outros dois times que colocaram campeões mundiais na pista: Mercedes e Ferrari. Lewis Hamilton, dono da maior quilometragem do dia, com 121 passagens pela linha de chegada, foi o último dentro de um limite de 1s do líder da quarta-feira.

Já Fernando Alonso ficou a distantes 1s399 de Pérez. O espanhol também não conseguiu cumprir a meta anunciada ontem de completar 100 voltas por dia de treinos em Barcelona. Foram 76 voltas para a F138.

Fernando Alonso esteve novamente à frente da Ferrari (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

E a Williams de Valtteri Bottas mostrou, pelo segundo dia seguido, um bom desempenho. O finlandês andou no mesmo ritmo apresentado ontem por Pastor Maldonado, deu um total de 98 voltas e fechou na sexta posição.

Daniel Ricciardo, na Toro Rosso, Paul di Resta, na Force India, e Nico Hülkenberg, na Sauber, seguiram. O alemão passou o dia fazendo avaliações aerodinâmicas e demorou para registrar seu primeiro tempo, a exemplo de Di Resta.

No fim das atividades, a temperatura ajudou as equipes a obterem um feedback maior a respeito do carro e dos pneus. O frio da manhã ficou mais ameno à medida que o sol foi subindo e os termômetros alcançaram 14ºC. Nada de nuvens, tampouco chuva, que ainda não deu as caras nesta pré-temporada.

A segunda bateria de treinos coletivos da F1 em 2013 será retomada nesta quinta-feira (21), a partir das 5h (de Brasília). Após assistir Chilton na pista por dois dias, Luiz Razia deve assumir o comando do MR-02 para o encerramento da segunda semana de testes.

F1, pré-temporada, Barcelona, segunda bateria, dia 2, final: