F1

Mercedes suspeita de parceria entre Ferrari e Haas e pede esclarecimentos sobre regras do uso do túnel de vento

A Mercedes entrou com um pedido junto aos comissários de prova da FIA em Abu Dhabi para esclarecimentos com relação às regras de uso do túnel de vento e testes aerodinâmicos na F1. Segundo a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, os bicampeões suspeitam que a adversária esteja fazendo uso excessivo do túnel do vento por meio da parceira técnica com a Haas

Warm Up / Redação GP, de Curitiba

Ao que parece, a disputa entre a Mercedes e a Ferrari vai ultrapassar os limites da pista. A equipe alemã escreveu aos comissários da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) em Abu Dhabi, solicitando esclarecimentos sobre a regulamentação do uso do túnel de vento, além das restrições com relação aos testes aerodinâmicos na F1. 
 
Segundo a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, os bicampeões suspeitam que a adversária esteja fazendo uso excessivo do túnel do vento por meio da ligação com a Haas, a escuderia norte-americana que estreia na F1 em 2016 e que possui uma parceria técnica com os italianos. Pelas regras, só é possível trabalhar 25 horas por semana no equipamento.
Maurizio Arrivabene e Toto Wolff em Abu Dhabi (Foto: Getty Images)
A esquadra prateada já havia questionado, ainda no início do ano, a forma como Ferrari foi capaz de aplicar uma grande atualização em seus carros no GP da Espanha, apesar do novo túnel de vento e de todas as restrições quanto ao trabalho com a Dinâmica de Fluidos Computacional.
 
Então, no dia 5 de outubro, a Mercedes, por meio de seu diretor-técnico Paddy Lowe, enviou um e-mail ao delegado-técnico da entidade, Charlie Whiting, pedindo esclarecimentos sobre as restrições de testes aerodinâmicos na F1. 
 
No documento, Lowe fez ao todo 54 perguntas sobre a natureza dos competidores na F1, design dos carros, transferência de conhecimentos, informações e dados, bem como a aprovação e a entrada de novos times, além de parcerias técnicas.  
 
Em sua resposta, no dia 13 de novembro, Whiting afirmou que lamentava o fato de não ser capaz de responder a todas as perguntas feitas pelo diretor-técnico, alegando que muitas "não se enquadram dentro de suas funções".
 
Apesar disso, a FIA iniciou uma investigação sobre o caso. O engenheiro Marcin Budkowski, coordenador do setor técnico e esportivo da entidade, foi enviado a Maranello para verificar o programa de túnel de vento da equipe italiana. Ele ficou na fábrica por dois dias, mas não encontrou nada de errado. Budkowski possui grande experiência na F1, tendo já trabalhado como chefe do setor de aerodinâmica na McLaren e também na escuderia vermelha.
Uma das páginas do documento enviado pela Mercedes à FIA (Foto: Reprodução/Twitter)

A discussão ainda se estendeu por boa parte da temporada. E, de acordo com o site norte-americano 'Motorsport.com', a Mercedes foi aconselhada a levar o assunto aos comissários de prova. Isso porque é a última chance do time em 2015 de tentar esclarecer as dúvidas e provar que a rival está em desacordo com as regras. 
 
No entanto, Toto Wolff, chefe da Mercedes, insistiu que a questão não era uma reclamação direta ou um protesto contra a Ferrari, mas, sim, uma manobra para entender melhor o que pode e o que não pode ser feito enquanto fabricante. "É apenas um esclarecimento e não se destina a qualquer equipe", disse o austríaco.
 
"Estamos buscando respostas que não foram dadas com total clareza pela FIA antes, então acho que isso é importante para todos saberem qual é a verdadeira situação", completou o dirigente.

A equipe alemã, então, entrou com o pedido pouco antes do terceiro treino livre deste sábado (28). Os comissários têm até o início da corrida de amanhã para esclarecer as dúvidas da Mercedes. Também segundo a 'Auto Motor und Sport', outras equipes também podem pedir explicações até às 17h de hoje, no horário de Abu Dhabi.

O GRANDE PRÊMIO acompanha o fim de semana que encerra a temporada da F1 nos Emirados Árabes em TEMPO REAL
 

A que ponto chegamos: F-E cria Roborace, categoria em que os carros NÃO SÃO guiados por pilotosQue acham disso?...

Posted by Grande Prêmio on Sexta, 27 de novembro de 2015
PADDOCK GP EDIÇÃO #8: ASSISTA JÁ