F1

McLaren mantém Sainz e Norris e é primeira equipe a fechar dupla para 2020

A McLaren anunciou na tarde desta terça-feira (9) a permanência de Carlos Sainz e Lando Norris para a próxima temporada. A escuderia britânica, em franca curva ascendente neste ano, é a primeira equipe da F1 a definir a sua dupla de pilotos para 2020

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré / GABRIEL CARVALHO, de Campinas
Com a grande forma exibida por Carlos Sainz e Lando Norris nesta primeira parte da temporada, a McLaren aproveitou a semana que antecede ao GP da Inglaterra para anunciar a permanência da dupla de pilotos para 2020 na tarde desta terça-feira (9). Não que fosse necessariamente uma surpresa justamente pelo bom desempenho dos dois, que colocam a equipe de Woking na quarta colocação do Mundial de Construtores, sendo a 'melhor do resto' após nove etapas disputadas em 2019.

A formalização da permanência dos jovens pilotos, Lando, de 19 anos, e Carlos, de 24, faz com que a McLaren seja a primeira equipe com dupla definida para o ano que vem na F1.

A McLaren já havia fechado as portas para um retorno de Fernando Alonso, que até o ano passado era o principal piloto da equipe. O bom momento evidenciado nas últimas corridas e a união envolvendo estrutura, juventude e harmonia dentro dos boxes da equipe britânica motivaram a natural renovação de contrato com Sainz e Norris para 2020.
Lando Norris e Carlos Sainz vão seguir por mais um ano lado a lado na McLaren (Foto: McLaren)
"O anúncio de hoje dá o time a continuidade para avançar. A performance de Carlos e Lando foi chave para o progresso do time. O feedback deles permitiu que nossos engenheiros desenvolvessem o MCL34 e olhassem para o MCL35. Carlos teve um importante papel desenvolvendo o carro com sua experiência, enquanto o Lando se encontrou com as demandas da F1, é incrivelmente rápido e cresce a cada fim de semana. Esta notícia é bem-vinda para toda a McLaren e estamos ansiosos por continuar a parceria", declarou Andreas Seidl, chefe de equipe.
 
Zak Brown, CEO da McLaren, destacou a importância dos pilotos no processo de reconstrução do time. A gloriosa equipe não vence uma corrida desde 2012, e amargou anos ruins após a saída da Mercedes e a frustrada passagem de Fernando Alonso, encerrada em 2018.
 
"Estou muito satisfeito por poder anunciar nossa dupla de pilotos antes da nossa corrida em casa, o GP da Inglaterra. Carlos e Lando estão se mostrando como pilotos e importantes para o nosso caminho de recuperação. Eles deram uma contribuição real para o nosso momento positivo e o moral dentro da equipe, tanto na pista quanto na fábrica. A recepção que eles ganham dos nossos fãs é excelentes, e ambos são grandes embaixadores da marca McLaren", comentou.

Nas redes sociais, Norris se pronunciou sobre a permanência e fez uma habitual brincadeira com o companheiro de equipe. "Feliz por anunciar que continuarei na McLaren no ano que vem. Não muito feliz pelo Carlos continuar, mas você não pode ganhar sempre", brincou o inglês de 19 anos em publicação no Twitter.
Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP



Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.