carregando
F1

Massa diz que novo Hermanos Rodríguez “não dá prazer” e avalia: “É o circuito mais liso em que já andei na minha carreira”

Felipe Massa terminou a sexta-feira no México com o décimo melhor tempo. Mas ao finalizar os trabalhos no primeiro dia do fim de semana, o brasileiro não se mostrou muito animado com as perspectivas para a corrida devido à falta de aderência da pista: “Vai ser difícil chegar no final”

Warm Up / Redação GP, de Sumaré

A grande dificuldade enfrentada pelos pilotos nesta sexta-feira (30) de abertura dos trabalhos da F1 visando o GP do México foi a falta de aderência do novo asfalto do Autódromo Hermanos Rodríguez. A pista, recém-inaugurada, ainda estava muito verde e, para complicar, choveu tanto no começo da manhã quanto no fim da tarde, tornando mais difícil a vida dos pilotos do grid. Um dos que mais sofreu foi Felipe Massa, que disse que jamais enfrentou um asfalto com tão pouca aderência. Além disso, o brasileiro disse que, no geral, não gostou da nova configuração do Hermanos Rodríguez, deixando claro que prefere pistas mais rápidas.
 
“Foi um dia muito difícil para todos”, avaliou Felipe durante entrevista concedida ao ‘UOL Esporte’ ao fim dos trabalhos de pista na Cidade do México.
O novo Hermanos Rodríguez não agradou a Felipe Massa (Foto: Getty Images)
Tanto pela manhã quanto no período da tarde, o piloto da Williams fechou os treinos livres na mesma posição: décimo lugar. O resultado abaixo do esperado, na visão de Massa, tem relação direta com a falta de aderência do circuito.

“Acho que é o circuito mais liso em que eu já andei na minha carreira. O carro não para no chão, não tem aderência nenhuma. Então foi difícil entender qual o caminho do carro, da condição da pista e do pneu”, comentou o piloto.
 
“Acredito que foi assim para todo mundo, pois vimos muitos carros saindo da pista por nada. Tudo isso vai complicar nosso trabalho para ter um carro competitivo na corrida”, declarou o paulista, já prevendo uma jornada difícil ao longo do fim de semana. 
 
“Vai ser uma corrida muito complicada, com muito pouca aderência. Vai ser difícil chegar ao final, e esse tem de ser nosso trabalho.”
 
Massa avaliou o remodelado Hermanos Rodríguez. No geral, não gostou do que viu depois de treinar nesta sexta-feira. “Não é o melhor traçado que eu já corri. É muito lento. Até na parte rápida é lento demais. Não é o tipo de traçado que me dá mais prazer. Prefiro pistas rápidas como Suzuka”, afirmou.
 
Mas o brasileiro fez uma ressalva positiva e destacou o trecho do desativado estádio de beisebol Foro del Sol, que ocupa o lugar da antiga curva Peraltada e dá aos fãs a grande chance de estar muito próximo dos carros. Massa ficou bem feliz com a novidade. “É bacana, dá para ver a torcida inteira. Foi uma ideia muito legal para a F1”, finalizou.