F1

Maldonado lidera testes da F1 em Barcelona pela segunda vez na semana. Massa termina em sétimo

Pastor Maldonado mais uma vez terminou um dia de treinos coletivos da F1 na primeira posição em Barcelona. Max Verstappen acabou em segundo e Felipe Massa teve o sétimo melhor tempo

Warm Up, de Barcelona / RENAN DO COUTO, de Barcelona
Pastor Maldonado liderou os treinos coletivos da F1 em Barcelona pela segunda vez em três dias. No circuito em que conquistou sua única vitória na categoria, há três anos, o venezuelano da Lotus cravou 1min24s348 com pneus supermacios na tarde deste sábado (21) e assim desbancou o líder do período da manhã, Max Verstappen.

O holandês de apenas 17 anos também calçou supermacios e andou leve em seu melhor giro, ainda antes do almoço, e foi o que mais quilômetros percorreu: quase 600 km. Foram 129 voltas, praticamente dois GPs da Espanha completos. 

Verstappen ainda provocou uma bandeira vermelha no fim do dia, ao ficar parado na saída dos boxes, a menos de meia hora do encerramento das atividades.

Lewis Hamilton foi o terceiro colocado com a Mercedes, marcando 1min26s076 no melhor de seus 96 giros.
Pastor Maldonado, duas vezes o mais veloz em Barcelona (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Os treinos coletivos deste sábado já começaram atípicos. Em apenas 1min25s a bandeira vermelha foi acionada pela primeira vez. A razão foi uma saída de pista de Sebastian Vettel após a curva 4. Ele não chegou a bater, mas se viu parado na caixa de brita e só saiu de lá guinchado. Hamilton, que também estava na pista para uma volta de instalação, relatou que o traçado estava escorregadio. O alemão acabaria o dia com mais de 100 voltas e o quinto lugar.

Além da paralisação causada por Vettel, uma outra ocorreu ainda na manhã no momento em que a McLaren de Jenson Button parou na curva 7. Isso, um dia depois que Fernando Alonso conseguiu treinar sem grandes dificuldades com o MP4-30. Foram mais cinco voltas até a pausa do almoço e uma longa espera à tarde até que se descobrisse que o problema foi similar ao que havia sido registrado com o mesmo Button na quinta-feira. Para poder seguir rodando neste sábado, foi preciso reduzir a potência do MGU-K. Um novo selo do sistema de recuperação de energia cinética será colocado no carro para o teste de Alonso no domingo.

Marcus Ericsson foi quarto com a Sauber depois de passar praticamente toda a manhã esperando a equipe executar a troca da caixa de câmbio do C34. Seu melhor tempo foi 1min26s340.

Daniil Kvyat foi mais um que deu mais que 100 voltas, terminando em sexto, seguido por Felipe Massa, que andou somente na parte da manhã. À tarde, Valtteri Bottas entrou no cockpit e participou de muitas simulações de pit-stop antes de realmente se preocupar em marcar tempos. Seu melhor foi 1min27s556.

As atividades serão retomadas neste domingo (21) com o quarto e último dia de testes da segunda bateria da pré-temporada. Devido ao término do horário de verão, os treinos terão início às 5h (de Brasília) e se encerrarão às 14h. O GRANDE PRÊMIO cobre tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

F1, Treinos coletivos, Barcelona, dia 3:

1 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS MERCEDES 1:24.348   104
2 33 MAX VERSTAPPEN HOL TORO ROSSO RENAULT 1:24.739 +0.391 129
3 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:26.142 +1.794 97
4 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:26.340 +1.992 51
5 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:26.407 +2.059 105
6 26 DANIIL KVYAT RUS RED BULL RENAULT 1:26.589 +2.241 108
7 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:26.912 +2.564 55
8 34 PASCAL WERHLEIN ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:27.564 +3.216 81
9 77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES 1:27.556 +3.208 45
10 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:29.151 +4.803 21