carregando
F1

Kvyat impressiona na chuva e supera dupla da Mercedes para liderar segundo treino livre em Suzuka

A chuva voltou a dar as caras em Suzuka nesta sexta-feira (25), mas não intimidou Daniil Kvyat, que cravou o melhor tempo do segundo treino livre para o GP do Japão. O jovem russo ainda bateu a dupla da Mercedes. Felipe Nasr viveu uma sessão competitiva e fechou em nono. Já Felipe Massa foi apenas o 16º

Warm Up / EVELYN GUIMARÃES, de Curitiba
A chuva novamente se fez presente em Suzuka. Apesar de uma trégua no início de tarde na pista japonesa nesta sexta-feira (25), uma forte precipitação voltou a atingir o circuito e limitou bastante o trabalho de equipes e pilotos na preparação para o GP do Japão. E quem se mostrou realmente forte neste cenário adverso foi o jovem Daniil Kvyat. Sem muita cerimônia, o russo da Red Bull cravou 1min48s277 ainda na primeira parte das atividades, saltou para a ponta e por lá permaneceu até o fim dos 90 minutos de sessão. Ou seja, nem precisou mais se molhar para garantir a liderança. E pela segunda semana consecutiva, Daniil lidera um segundo treino na F1. 
 
O desempenho ainda foi superior ao dos líderes do campeonato. Nico Rosberg novamente foi melhor que Lewis Hamilton e fechou o treino a 0s023 da marca de Kvyat. Hamilton ficou em terceiro, mas longe: 0s5 atrás de Daniil. Daniel Ricciardo colocou a outra Red Bull em quarto, à frente dos dois carros da Ferrari de Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen. 
 
Carlos Sainz, o mais rápido do TL1, Max Verstappen, Felipe Nasr e Pastor Maldonado ainda completaram a lista dos dez melhores. Em um treino apagado, Felipe Massa foi só o 16º.
Daniil Kvyat liderou o segundo treino livre em Suzuka nesta sexta-feira (Foto: AP)
Confira como foi o segundo treino livre do GP do Japão

A tarde de sexta-feira (25) em Suzuka começou já sem a presença da chuva, que marcou a manhã japonesa e o primeiro treino livre da F1. Apesar da trégua, a pista ainda continuava muito molhada e fria – e a previsão não era também muito otimista: havia a chance de 60% de precipitação. E, assim, os pilotos também demoraram um pouco mais para sair dos boxes para as primeiras voltas de instalação pelo traçado nipônico. 
 
Enquanto Sebastian Vettel ainda conversava com os engenheiros da Ferrari no pit-wall, Daniil Kvyat foi o primeiro a rodar pela pista de Suzuka. Usando os pneus intermediários, o russo da Red Bull logo também fez o cronômetro disparar. Na primeira volta rápida, Kvyat surgiu com 1min49s374.
Daniil Kvyat foi o primeiro a registrar tempo no TL2 em Suzuka (Foto: Reprodução/Twitter)
Nico Rosberg saiu na sequência e optou pelos pneus de risca azul, ou seja, para pista bastante molhada. Nico Hülkenberg, Marcus Ericsson e Kimi Räikkönen, por outro lado, seguiram Kvyat e também escolheram os compostos intermediários.
 
Räikkönen foi o segundo piloto a completar volta rápida no TL2. Mas o finlandês não conseguiu alcançar o desempenho de Kvyat e ficou mesmo no segundo posto, com 1min50s319, 0s9 abaixo da marca do russo. Hülkenberg, Sergio Pérez e Ericsson completavam a lista provisória.
 
Enquanto isso, a Toro Rosso vivia um drama nos boxes. Depois de ter liderado o TL1 com Carlos Sainz, a equipe acabou atrasando o início dos trabalhos de Max Verstappen. Tudo porque os mecânicos acabaram perdendo um parafuso da parte traseira do carro do holandês.
 
Na pista, mais gente se arriscava no piso molhado de Suzuka. Felipe Nasr se colocou em terceiro na tabela, mas 2s acima do líder. Mas à frente de Hülk, Ericsson, Pérez e Maldonado. 
 
Aí Nico Rosberg decidiu ir à pista e, com os intermediários, assinalou 1min48s300 para liderar  a sessão. Daniel Ricciardo, que saíra logo atrás, já aparecia em segundo, superando o colega Kvyat. Räikkönen, apesar dos passeios pelas áreas de escape, era o quarto. Nasr ainda fechava o top-5.
Kimi Räikkönen escapou da pista algumas vezes (Foto: Reprodução/Twitter)
E não demorou para Lewis Hamilton ganhar o traçado japonês. O líder do campeonato vinha em uma volta muito boa, mas acabou perdendo tempo no segundo setor devido a uma bandeira amarela por causa da escapada do finlandês da Ferrari. Ao fim da volta, Hamilton se colocou em segundo, 0s5 atrás do colega de Mercedes. 
 
Mesmo sem chuva, a pista continuava muito molhada, por isso vários pilotos acabaram escapando do traçado ao longo dessa primeira parte das ações. Outros pilotos, como Fernando Alonso, por exemplo, optaram por ainda permanecer nos boxes.

Felipe Massa, por sua vez, veio à pista quando a sessão se aproximou dos primeiros 30 minutos. Também usando pneus intermediários, o brasileiro registrou apenas o 14º tempo. Jenson Button, Alonso, Max Verstappen e Valtteri Bottas seguiam sem marcas registradas. 

Dos que ainda estavam sem registro de volta lançada, Verstappen foi o primeiro a sair. Resolvido o problema com o parafuso, o holandês vinha em uma primeira volta muito forte, mas acabou errando na parte final, na chicane, e sobrou mesmo só a décima colocação. 
 
Alguns minutos mais tarde, pouco depois da marca de 30 minutos de sessão, Kvyat deixou novamente os boxes para de novo surgiu na ponta da tabela. O russo foi 0s023 mais veloz que Rosberg e roubou a liderança. 
 
Menos de cinco minutos depois, a chuva voltou a atingir o circuito japonês. Mas isso não intimidou alguns pilotos, como Ricciardo, Vettel, Nasr, Ericsson e Räikkönen, que continuaram a rodar pela pista, mesmo debaixo de muita chuva.
Lewis Hamilton ainda saiu no fim, mas ninguém melhorou (Foto: Reprodução/Twitter)
Apesar dos esforços, pouca coisa mudou na ordem da tabela, que tinha os seguintes nomes: Kvyat, Rosberg, Hamilton, Ricciardo, Vettel, Räikkönen, Sainz, Verstappen, Nasr, Maldonado, Hulkenberg, Button, Ericsson, Pérez, Grosjean, Massa, Stevens e Rossi. Apenas Alonso seguia sem tempo.

Falando no espanhol, o piloto da McLaren finalmente pode trabalhar quando a sessão alcançou os 30 minutos finais. Mas não fez nada que alterasse muito o curso das coisas, apenas rodou pela pista por algumas voltas. E cravou somente o 17º tempo. Depois disso, voltou para os boxes.

Nos minutos finais, Rosberg, Hamilton,  Vettel e até Button resolveram sair, mas nada tirou Kvyat da ponta.

F1, GP do Japão, Suzuka, Treino Livre 2:

1 26 DANIIL KVYAT RUS RED BULL RENAULT 1:48.277   6
2 6 NICO ROSBERG ALE MERCEDES 1:48.300 +0.023 8
3 44 LEWIS HAMILTON ING MERCEDES 1:48.853 +0.576 8
4 3 DANIEL RICCIARDO AUS RED BULL RENAULT 1:49.097 +0.820 10
5 5 SEBASTIAN VETTEL ALE FERRARI 1:50.268 +1.991 18
6 7 KIMI RÄIKKÖNEN FIN FERRARI 1:50.319 +2.042 16
7 55 CARLOS SAINZ JR ESP TORO ROSSO RENAULT 1:50.418 +2.141 6
8 33 MAX VERSTAPPEN HOL TORO ROSSO RENAULT 1:50.542 +2.265 5
9 12 FELIPE NASR BRA SAUBER FERRARI 1:50.968 +2.691 10
10 13 PASTOR MALDONADO VEN LOTUS MERCEDES 1:51.557 +3.280 7
11 27 NICO HÜLKENBERG ALE FORCE INDIA MERCEDES 1:51.674 +3.397 11
12 22 JENSON BUTTON ING McLAREN HONDA 1:51.861 +3.584 9
13 9 MARCUS ERICSSON SUE SAUBER FERRARI 1:51.934 +3.657 12
14 11 SERGIO PÉREZ MEX FORCE INDIA MERCEDES 1:52.070 +3.793 8
15 8 ROMAIN GROSJEAN FRA LOTUS MERCEDES 1:52.534 +4.257 6
16 19 FELIPE MASSA BRA WILLIAMS MERCEDES 1:52.765 +4.488 6
17 14 FERNANDO ALONSO ESP McLAREN HONDA 1:55.239 +6.962 10
18 28 WILL STEVENS ING MANOR MARUSSIA FERRARI 1:58.059 +9.782 6
19 53 ALEXANDER ROSSI EUA MANOR MARUSSIA FERRARI 1:59.419 +11.142 7
  77 VALTTERI BOTTAS FIN WILLIAMS MERCEDES      
    TEMPO 107% TL2   1:55.856 +7.579  
               
RECORDE FELIPE MASSA BRA FERRARI 248F1 1:29.599 7/10/2006  
MELHOR VOLTA KIMI RÄIKKÖNEN FIN McLAREN MERCEDES MP4-20 1:31.540 9/10/2009