F1

Insatisfeito com desgaste em Sepang, Webber critica influência dos pneus na F1: “Tudo gira em torno deles”

Mark Webber não ficou nada satisfeito com a influência dos pneus nesta sexta-feira em Sepang. O australiano disse que toda a discussão está em cima dos compostos desenvolvidos pela Pirelli. O número 2 da Red Bull fechou o dia com o quinto melhor tempo

Warm Up / Redação GP, de Sumaré


Mark Webber estava muito irritado após a execução do segundo treino livre do GP da Malásia, nesta sexta-feira (22), em Sepang. O piloto da Red Bull não escondeu a sua insatisfação com o desgaste excessivo dos pneus ao longo das atividades de pista no tórrido circuito malaio e lamentou que os compostos tenham mais influência do que o desempenho dos carros como um todo.

Dono do melhor tempo pela manhã e quinto mais rápido no segundo treino livre, Webber disse que a F1 atual vive em função do rendimento dos pneus. “A categoria inteira está em torno dos pneus no momento. Tudo gira em torno dos pneus. Pneus, pneus, pneus, pneus, pneus...”, repetiu o veterano, claramente irritado, durante entrevista coletiva.

Mark Webber ficou bem insatisfeito com o alto desgaste dos pneus em Sepang(Foto: Red Bull/Getty Images)

Mais tarde e mais tranquilo, Webber falou à Red Bull. Em comunicado emitido pela equipe tricampeã do mundo, o veterano afirmou que seu dia de trabalho foi relativamente tranquilo, mas destacou o calor, sempre na casa dos 30ºC de temperatura ambiente, mas bem maior dentro do cockpit do seu RB9.

“Foi um treino bem suave para nós, mas precisamos melhorar e continuar buscando ritmo”, comentou o piloto, que logo voltou a criticar a influência dos pneus na F1. “Os pneus ainda são a coisa mais importante no momento, tudo tem relação com eles”.  “É muito quente dentro do carro, mas se está quente para mim, então está assim para todos os outros e, no geral, não está tão ruim quanto nos anos anteriores”, finalizou o australiano.