carregando
F1

Horner rebate críticas do chefe da Mercedes e diz que Verstappen é maduro o suficiente para F1

Christian Horner, chefe da Red Bull, saiu em defesa de Max Verstappen e disse que o holandês é maduro o suficiente para a F1. A afirmação é direcionada a Toto Wolff que questionou o comportamento do jovem após a disputa de posição com Nico Rosberg na parte final da corrida do Canadá

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Chefe da Red Bull, Christian Horner saiu em defesa e disse que Max Verstappen foi brilhante em afastar os ataques de Nico Rosberg na parte final da corrida no Canadá neste último domingo. E que a atitude só prova que é errado questionar a maturidade  do holandês. A afirmação foi direcionada a Toto Wolff, o comandante da Mercedes, que criticou o comportamento do jovem durante a disputa das últimas voltas em Montreal.
 
Na verdade, o austríaco já vem falando sobre a postura de Verstappen em brigas por posições. Para o dirigente, ainda falta maturidade ao piloto da Red Bull. "Max age como um adolescente. No carro, ele é extremamente bom, mas quando você interage com ele, parece um garoto", disse o chefe da equipe alemã.
Max Verstappen é maduro o suficiente para F1 (Foto: Red Bull)
Logo após a corrida, Horner rebateu os comentários de Wolff e afirmou que a defesa de posição de Verstappen contra Rosberg apenas mostrou que o jovem holandês cresceu o suficiente para estar na F1.
 
"Acho que ele mostrou grande força mental, para ser honesto", disse o chefe da Red Bull. "Mônaco foi um fim de semana difícil para ele, mas a maneira como se recuperou aqui, só mostra o quanto ele é confiante, e isso é ótimo", completou.
 
"E foi uma grande disputa para alguém que o Wolff achava que não era tão maduro assim. Ele me pareceu bastante maduro, um piloto experiente, eu diria", emendou o inglês.
PADDOCK GP #32 DEBATE MotoGP, F1, INDY E STOCK CAR