F1

Confira voltas mais rápidas de cada piloto durante disputa do GP da Itália de F1

Lewis Hamilton aproveitou o uso dos pneus macios na esteira de um pit-stop extra no fim da prova e marcou a volta mais rápida do GP da Itália, assegurando assim mais um ponto extra na temporada. O pentacampeão tirou esse ponto extra de Sebastian Vettel por 1s020

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré
Lewis Hamilton lançou mão de uma estratégia ousada, lutou até onde pela vitória na disputa com Charles Leclerc, mas os pneus médios não aguentaram à intensidade no segundo stint do GP da Itália. Foi então que o pentacampeão voltou para os boxes para fazer um pit-stop extra, já no fim da prova, colocando pneus macios. Lewis foi ultrapassado por Bottas e, para amenizar um pouco os estragos, acelerou forte para marcar um ponto extra com a volta mais rápida do domingo (8) em Monza.
 
Na volta 51, a antepenúltima da corrida, Hamilton marcou 1min21s779 e garantiu o ponto extra com a volta mais rápida do dia. Até então, a melhor marca do GP da Itália pertencia a Sebastian Vettel com 1min22s799, registrada na volta anterior, mas Lewis tratou de usar da melhor forma os pneus macios nas voltas finais da prova.
Lewis Hamilton marcou o ponto extra deste domingo em Monza (Foto: Mercedes)
Valtteri Bottas terminou a disputa deste domingo com o terceiro tempo, 1min22s859. E Charles Leclerc, o grande vencedor do GP da Itália, ficou em quarto na lista das voltas mais rápidas com 1min23s009.
 
Em termos de tempos de volta, as Red Bull superaram as Renault. Max Verstappen foi o quinto com 1min23s143, seguido por Alexander Albon, que registrou 1min23s364 em sua melhor passagem. Já a dupla da equipe de Enstone, que se destacou ao longo da corrida, fechou a tabela a seguir com Daniel Ricciardo, quarto colocado do GP da Itália, em sétimo lugar na lista das voltas mais rápidas, com Nico Hülkenberg em oitavo.
 
Sergio Pérez, em nono com 1min23s770, foi seguido por Pierre Gasly, que fechou o top-10 com 1min23s885.
 
A marca de Hamilton, no entanto, não supera o recorde oficial de volta mais rápida em Monza na atual versão do traçado. O tempo ainda pertence a Rubens Barrichello, que cravou 1min21s046 com a Ferrari no GP da Itália de 2004.

F1 2019, GP da Itália, Monza, voltas mais rápidas por piloto:

1 L HAMILTON Mercedes 1:21.779   51
2 S VETTEL Ferrari 1:22.799 +1.020 50
3 V BOTTAS Mercedes 1:22.859 +1.080 47
4 C LECLERC Ferrari 1:23.009 +1.230 47
5 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:23.143 +1.364 41
6 A ALBON Red Bull Honda 1:23.364 +1.585 45
7 D RICCIARDO Renault 1:23.466 +1.687 53
8 N HÜLKENBERG Renault 1:23.641 +1.862 53
9 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:23.770 +1.991 35
10 P GASLY Toro Rosso Honda 1:23.885 +2.106 51
11 L NORRIS McLaren Renault 1:24.044 +2.265 52
12 L STROLL Racing Point Mercedes 1:24.165 +2.386 31
13 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:24.419 +2.640 52
14 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:24.443 +2.664 38
15 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:24.503 +2.724 44
16 G RUSSELL Williams Mercedes 1:24.842 +3.063 51
17 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:24.985 +3.206 31
18 C SAINZ JR McLaren Renault 1:25.637 +3.858 47
19 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:25.772 +3.993 10
20 R KUBICA Williams Mercedes 1:24.989 +3.210 19
    Tempo 107% 1:27.504 +5.725  
           
REC K RÄIKKÖNEN Ferrari 1:19.119 01/09/2018  
MV R BARRICHELLO Ferrari 1:21.046 12/09/2004  


Paddockast #32
AS PISTAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.