carregando
F1

Chefe da Sauber critica Nasr e Ericsson por incidente durante GP de Mônaco: “Ambos estavam errados”

A Sauber viu com péssimos olhos o incidente entre Marcus Ericsson e Felipe Nasr durante o GP de Mônaco do domingo (29). Monisha Kaltenborn, chefe da equipe, afirmou que a situação é inaceitável e disse esperar que o episódio não vai se repetir

Warm Up / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo

A Sauber não aceitou muito bem o incidente entre Marcus Ericsson e Felipe Nasr no GP de Mônaco do domingo (29). Para Monisha Kaltenborn, chefe da equipe, a situação é inaceitável e os pilotos devem pensar não apenas em si mesmos.
 
Na volta 51 da prova no Principado, o brasileiro recebeu uma ordem para deixar seu companheiro ultrapassá-lo. No entanto, ele não acatou o pedido e quando o sueco tentou tomar sua 15ª posição, eles acabaram batendo e abandonando a disputa.
 
Para a dirigente do time, então, o que aconteceu foi inaceitável e que eles deveriam pensar no time e em todos que trabalham duro para fazer com que se conquistem pontos. “Ambos estavam errados. Para ser honesta, isso não é sobre suas satisfações, somos uma equipe e todos sabem suas responsabilidades”, opinou.
Marcus Ericsson e Felipe Nasr se envolvem em acidente na Rascasse (Foto: Reprodução)
“É sobre o time e sobre termos tantas pessoas nessa equipe que trabalham duro para que consigamos conquistar pontos, mostrarmos bom desempenho, e esses dois jovens rapazes devem estar cientes de suas responsabilidades, e sei que estão”, completou.
 

Kaltenborn ainda afirmou que todos tiveram uma séria conversa, e finalizou dizendo que acredita que o episódio não irá se repetir. “Tivemos uma conversa todos juntos e deixamos tudo claro”, contou.
 
“Tenho certeza que isso não se repetirá. Não é frustrante, é apenas inaceitável. Acredito que não teremos que ter essa conversa novamente. Tem um piloto que disse que o maior oponente no traçado é o companheiro, o que é justo, mas você tem a responsabilidade com o time, que eles foram relembrados”, encerrou. 

O acidente, no entanto, não saiu barato para o sueco Ericsson. O piloto do carro #9 acabou tomando uma punição, e perde três posições no grid do Canadá.
PADDOCK GP #30 DEBATE INDY, F-E E MOTOGP