carregando
F1

Caterham anuncia Stevens e completa dupla na volta da equipe ao grid da F1 em Abu Dhabi

Nada de Rubens Barrichello: Will Stevens será o companheiro de Kamui Kobayashi no GP de Abu Dhabi. O anúncio foi feito nesta quinta e coloca o piloto de 23 anos pela primeira vez em um fim de semana de F1

Warm Up / VICTOR MARTINS, de São Paulo
O nome que foi especulado por último foi o que ganhou a segunda vaga da Caterham para o GP de Abu Dhabi deste fim de semana. Will Stevens vai guiar ao lado de Kamui Kobayashi no retorno da equipe verde à F1. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (20).

Stevens, 23, é inglês e já pertenceu ao programa de desenvolvimento de pilotos da Caterham, devidamente extinto. Já havia guiado pela equipe nas duas vezes em que houve testes de temporada após o GP da Inglatera. Neste ano, Stevens disputou o campeonato da World Series nesta temporada e venceu duas corridas.
Will Stevens agora faz parte do programa de formação de pilotos da Caterham (Foto: Caterham)
"Estou absolutamente extasiado por ter esta oportunidade e grato por todos na Caterham terem me dado esta chance", declarou o piloto. "Eu me sinto pronto para o desafio de minha estreia e ansioso para trabalhar como parte da equipe em um ambiente de corrida depois de todo trabalho que fizemos juntos nos testes. Espero que seja algo que eu leve também para a temporada 2015", completou.

Stevens havia deixado a Caterham para ser piloto de testes da Marussia em junho. Até o GP do Japão, o piloto usava as cores vermelhas no paddock. No fim de semana, vai usar o #46.

As vagas na Caterham eram tão incógnitas quando sua presença em Yas Marina. A vaquinha virtual que a equipe fez ainda não levantou os R$ 9,6 milhões pretendidos, mas foram o suficiente para fazer com que Finbar O'Connell, o administrador que faz as vezes de chefe de equipe, mandasse os equipamentos do time para a etapa final da temporada. Bernie Ecclestone disse que ajudou a escuderia, fretando um avião.

O nome de Rubens Barrichello chegou a pintar com força à boca pequena. O brasileiro ainda alimenta o sonho de se despedir apropriadamente da F1.
CHEGADAS E PARTIDAS

A Ferrari enfim anunciou aquilo que todos já pareciam saber há muitos meses nesta temporada 2014 da F1. A equipe italiana confirmou na manhã morna desta quinta-feira (20) em Abu Dhabi que Fernando Alonso não será mais piloto da escuderia. O espanhol defendeu as cores de Maranello nos últimos cinco campeonatos, disputou o título em duas oportunidades, em 2010 e 2012, venceu 11 vezes com o carro vermelho, fez 44 pódios e somou 1.186 pontos. A saída do bicampeão abre finalmente caminho para a chegada do tetracampeão Sebastian Vettel.

Em comunicado, a Ferrari ressaltou que a separação se dá em comum acordo. Alonso deve ser anunciado na McLaren apenas em dezembro, conforme estabeleceu o time de Woking.

Leia a notícia completa no GRANDE PRÊMIO.
BOLÃO GRANDE PRÊMIO EUROBIKE
A DECISÃO DA F1 EM ABU DHABI


Participe do bolão da F1 GRANDE PRÊMIO EUROBIKE: dê seus palpites para o GP de Abu Dhabi deste fim de semana que define o campeão da temporada 2014. 

Será que Lewis Hamilton vai jogar pelo resultado e ser segundo colocado para ficar com o bicampeonato? E Nico Rosberg, vai para o tudo ou nada, vence e dá uma ajudinha para fazer com que Felipe Massa e companhia tentem superar o rival?
 

Não perca tempo e aposte já.