F1

Arrasado por largar em último no GP da China, Hamilton acena com festival de ultrapassagens: “Vou dar tudo que tenho”

Lewis Hamilton está com um azar dos diabos no começo do Mundial de F1 de 2016. Um problema no sistema de recuperação de energia fez com que nem sequer desse volta rápida no treino classificatório deste sábado (16) para o GP da China. O tricampeão vai sair do fim da fila

Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro

A temporada de Lewis Hamilton começou que é uma zica só. Claro que Nico Rosberg tem andado muito bem enquanto Hamilton não vive a melhor fase, mas o azar também está permeando a vida do tricampeão. Um problema no sistema de recuperação de energia do motor Mercedes neste sábado (16) custou a chance de brigar pela pole. Lewis foi eliminado sem tempo no Q1 e vai largar na 22ª e última colocação para o GP da China.
 
Logo após sair do carro, ainda claramente abatido por assistir o companheiro ter uma chance de ouro de abrir diferença enorme entre os dois na pontuação do campeonato, Hamilton falou em estar sendo testado e indicou com uma daquelas divertidas corridas de recuperação na prova do domingo.
Lewis Hamilton (Foto: Getty Images)
"O melhor que posso fazer é aprender e tirar algo disso", disse em entrevista na zona mista do autódromo de Xangai. "Essas coisas são mandadas para nos testar. Tenho certeza de que o pessoal está arrasado como eu - vencemos e perdemos juntos. Precisamos entender bem o que houve e nos certificar que jamais aconteça de novo', falou.
 
"Dá para ultrapassar aqui. O carro é rápido e, se resolvermos o problema, podemos ter uma boa corrida aqui amanhã. Os pneus não vão durar também. Vou dar tudo que tenho", seguiu.
 
17 pontos atrás de Rosberg, Lewis pode ver sua maior desvantagem desde os 25 pontos pós-GP da Austrália de 2014. As retas de Xangai dão uma oportunidade de muitas ultrapassagens para o carro da Mercedes, mas sair em último é sempre um fator que priva um piloto de brigar por vitória salvo algum golpe de sorte.
 
O GP da China larga às 4h (de Brasília) deste domingo, e o GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL.
PADDOCK GP #24 FALA SOBRE F1, MOTOGP, INDY E STOCK