F1

Após má fase, Räikkönen diz que Alfa Romeo “pode ficar feliz” com sábado no Brasil

Kimi Räikkönen liberou a Alfa Romeo para ser feliz. Depois de uma série de fins de semana ruins, Räikkönen larga na oitava colocação e Antonio Giovinazzi passou raspando no Q3 e parte em 12º

Grande Prêmio, de Interlagos / PEDRO HENRIQUE MARUM, de São Paulo

Na sequência de uma série de dias ruins nos fins de semana da segunda parte da temporada, a Alfa Romeo viveu um dia melhor neste sábado (16) de treino classificatório para o GP do Brasil, em Interlagos. Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi vão largar, respectivamente, na oitava e na 12ª colocações. E pode comemorar um pouco, conforme disse o finlandês.
 
Segundo Räikkönen, o dia é de celebrar o sucesso: apenas Pierre Gasly e Romain Grosjean foram melhores na 'F1 B'.
 
"Podemos ficar felizes com o resultado de hoje. As margens no pelotão intermediário estão muito próximas e dá para ganhar muitas posições com qualquer pequena melhora, mas vamos ficar com o nono lugar e veremos o que podemos fazer na corrida de amanhã", disse.
 
"Ainda sinto que temos espaço para melhora, há muita coisa para alcançar. No fim das contas, você sempre quer mais. É difícil imaginar como será a corrida, mas tentaremos fazer um bom trabalho no domingo", seguiu.
Antonio Giovinazzi (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Giovinazzi relatou um erro no fim do Q2 que custou a passagem ao Q3. Entretanto, está animado com o que pode fazer no domingo.
 
"Eu sabia que tinha a chance de terminar no top-10, então forçamos a mão na minha volta final do Q2. Infelizmente, rodei e terminei fora do Q3 por 0s06. É o que é, sabíamos que seria muito apertado numa pista tão curta, mas ainda temos uma boa chance de pontuar amanhã", afirmou.
 
"Gostei do ritmo de corrida quando testamos ontem e agora podemos escolher nossos pneus de largada, então espero recuperar algumas posições na corrida", encerrou.

GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.
 

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.