F1

Animado com “corrida incrível”, Verstappen fica satisfeito com resultado: “Sair de trás e ser 3º é espetacular”

Max Verstappen não ganhou a corrida e nem foi o centro das atenções do GP do Brasil deste domingo (13). Mas foi Max o responsável pelo show. Numa atuação impressionante, o holandês conseguiu se recuperar e voltar de fora da zona de pontuação para o terceiro lugar nas voltas derradeiras

Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro

Lewis Hamilton pode ter ganho, Nico Rosberg pode ser o líder e Felipe Massa pode ter drenado todas as atenções com sua despedida emocionante de Interlagos, mas quem deu show no GP do Brasil deste domingo (13) foi Max Verstappen. A retomada do holandês, como ele mesmo colocou, foi "espetacular".
 
Verstappen passou Kimi Räikkönen na largada para ganhar uma terceira posição que perdeu quando ele arriscou os pneus intermediários e a direção de prova mandou todo mundo usar pneus de chuva extrema. Retomou com a batida de Kimi, depois passou Nico Rosberg e deu a impressão de que atacaria Hamilton. Não deu, então tentou novamente os intermediários. E novamente não deu certo.
 
O que aconteceu daí por diante foi um show. Verstappen saiu da zona de pontuação e foi tomando as posições de volta, uma a uma, até passar Sergio Pérez e chegar novamente ao terceiro lugar e o pódio. 
 
"Foi uma corrida incrível, com as bandeiras vermelhas, as condições difíceis. Especialmente o último trecho, que estava muito escorregadio", avaliou. "Na última relargada eu consegui passar Nico e estava numa posição bem confortável. Eu tive um momento problemático, quase rodei, travei as rodas, continuei após salvar. Aí resolvemos colocar os intermediários, mas voltou a chover e não deu certo. Depois disso eu acho que era 15º ou 14º, e conseguir terminar em terceiro é espetacular.
Max Verstappen (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Max foi perguntado sobre a usar traçados diferentes dos outros pilotos. A resposta foi simples. "Eu não conseguia ver nas retas, então tirava o carro do traçado comum", falou o piloto da Red Bull.
 
E a escapada, uma meia rodada que deu em determinado momento em que ocupava a segunda colocação, qual o nível de medo que teve naquele momento? "50%-50%, eu diria", respondeu.
 
Desta vez, sem dúvidas, Max honra a escolha de Piloto do Dia que fatalmente irá ganhar.