carregando
F1

Alonso justifica irritação com pedido para poupar combustível: “Só disse para me deixar correr e me divertir um pouco”

Fernando Alonso pela primeira vez demonstrou insatisfação com a situação da McLaren Honda. Depois da corrida, argumentou que poupar combustível não era prioridade àquela altura da corrida

Warm Up / RENAN DO COUTO, de São Paulo

Fernando Alonso apareceu um pouco mais tranquilo fora do carro para justificar a reação irritadiça que teve com seu engenheiro pelo rádio durante o GP do Canadá deste domingo (7).

O espanhol, que estava envolvido em acirradas disputas por posição, se recusou a poupar combustível quando lhe foi solicitado. Ele eventualmente abandonou a corrida no fim da volta 46.

Alonso minimizou o caso ressaltando que, para ele, levantar o pé e economizar gasolina não era prioridade naquele momento.
Fernando Alonso abandonou pela terceira vez seguida na temporada 2015 (Foto: AP)
"Quando você está no meio de uma briga, combustível não é a prioridade e você vai calcular mais tarde. Depois de três ou quatro lembretes, só disse para me deixar correr e me divertir um pouco", falou à emissora britânica BBC.

"É como se estivéssemos em uma categoria diferente. Quando todo mundo te passa fácil assim, você parece um piloto amador e isso não é bom. Não estamos super competitivos agora, temos muitas coisas para fazer no nosso caso. Mas esperançosamente este fim de semana nos deu algumas lições", continuou o bicampeão.
 
"Sei que é difícil para os fãs, mas eles precisam ser pacientes e eles precisam acreditar, pois algo bom está vindo", reiterou o piloto. Com Pastor Maldonado chegando em sétimo com a Lotus, agora apenas Alonso e os dois da Manor Marussia seguem zerados em 2015. 
 
A respeito do tópico consumo de combustível, Jenson Button, que também abandonou, disse que a Honda sofria ainda mais que as adversárias porque, como não tem uma boa velocidade final, fica mais tempo que as adversárias nas retas. "Parte disso pode ser eficiência, parte pode ser que andamos com muito downforce ou algo. Mas é algo que precisamos solucionar para a próxima, porque a próxima também é bem difícil, com muitas retas. Não tanto quanto aqui, mas ainda será difícil para nós", disse o britãnico.

A próxima etapa do campeonato é o GP da Áustria, que acontece em 21 de junho no Red Bull Ring. Em 2014, Felipe Massa fez a pole e Nico Rosberg venceu.


VIU ESSA? CARRO DESCE LADEIRA SOZINHO NA F4 ALEMÃ E ACERTA OUTRO