F1

Albon “se diverte” em escalada para quinto em Sóchi, mas torce por mais GPs “calmos”

Alexander Albon largou do pit-lane e chegou em quinto no GP da Rússia. Foi uma corrida divertida, mas isso não é necessariamente algo bom: daqui até o fim do ano, o tailandês foca em ter fins de semana mais “limpos e calmos”

Grande Prêmio / VITOR FAZIO, de Berlim
Alexander Albon largou do pit-lane após bater no treino classificatório em Sóchi, só que isso não foi empecilho para terminar o GP da Rússia deste domingo (29) em quinto. Foi uma corrida divertida para o tailandês, que empilhou ultrapassagens. Entretanto, chegou a hora de começar a buscar corridas mais chatas, sem necessidade de escalar o grid.
 
“Foi uma boa corrida, acho que quinto lugar é o melhor que poderíamos conseguir”, disse Albon. “Eu queria me recuperar e conseguir um bom resultado depois da batida de ontem, então fico muito feliz com como a corrida andou, apesar de que provavelmente tivemos um pouco de sorte com o safety-car. O ânimo obviamente esteve um pouco em baixa na noite de sábado e houve muito trabalho da equipe, então esse resultado é para eles”, comentou.
 
“Eu me diverti atravessando o pelotão, mas não quero que todas minhas corridas sejam assim. Gosto de corridas chatas também, então espero um fim de semana mais limpo e calmo no Japão”, seguiu.
Alexander Albon cruzou a linha de chegada em quinto (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
A boa corrida foi uma reviravolta em um fim de semana que aparentava ser dos mais difíceis para Albon. O tailandês não se destacou desde os treinos livres e parecia destinado a ficar em segundo plano no domingo. O piloto ficou apenas uma posição atrás do companheiro Max Verstappen, quarto.
 
Suzuka, assim como o resto do calendário da F1, vai trazer um novo tipo de desafio: conhecer pistas diferentes e tentar se acostumar rapidamente.
 
“Foi um fim de semana difícil até a hora da corrida, mas estou ficando cada vez mais confortável. Preciso me acostumar e encontrar um ritmo mais cedo no fim de semana, mas isso é algo que vai acontecer conforme eu consigo mais voltas e mais tempo no tempo. Exceto Abu Dhabi, todas as próximas pistas são novas para mim. Suzuka vai ser difícil, mas gosto de pistas novas”, encerrou.
 
O GP do Japão está marcado para 13 de setembro. A corrida é a 17ª da temporada da F1.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.