carregando
F1
 

Guia F1 2015

 Lewis Hamilton (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)


No ano passado, a gente abriu o Guia da F1 dizendo que era possível afirmar com toda certeza de que Sebastian Vettel não era candidato ao título de 2014. O alemão não só não disputou a taça como sequer venceu com o até bem nascido carro da Red Bull, mas com um motor Renault que esteve longe da eficácia do conjunto da Mercedes. Vettel se pirulitou para a Ferrari no lugar aberto por Fernando Alonso, que voltou à McLaren, mas que não estreia na Austrália por conta do acidente mal explicado na segunda semana de testes em Barcelona. Para o lugar de Seb, a Red Bull promoveu Daniil Kvyat.

Enquanto isso, a dominante Mercedes se manteve igual. E igual, neste momento, é dizer que está ainda melhor. O que significa indicar que 2015 será um repeteco do ano passado, com Lewis Hamilton e Nico Rosberg longe da rapa, brigando por cada ponto do campeonato — espera-se, ao menos, que seja até Abu Dhabi e seu peso 'normal'.

A Williams foi outra que manteve a ótima base do ano passado. Por isso, pode ser colocada como a nova segunda força do pelotão nas mãos de Felipe Massa e Valtteri Bottas, brigando com essa Ferrari com jeitão de ter posto ordem na casa com Vettel e Kimi Räikkönen e a Red Bull liderada pelo moleque-sorriso Daniel Ricciardo. A McLaren Honda? Não é projeto para este ano, não. Se chegar ao fim do ano andando no ritmo das grandes, já será uma vitória. 

O resto deve ser o resto. A Lotus deve dar um bom salto com os Mercedes, mas ainda precisa mostrar ao que pode vir. A Force India tem o melhor túnel de vento do mundo, o da Toyota, mas os problemas financeiros que atrasaram seu projeto vão colocá-la numa ordem inversa ao seu histórico: começar mal o ano e evoluir ao longo. A Sauber até pode ter acertado a mão no carro, mas vai ter condições de desenvolvê-lo? Felipe Nasr assim espera. E também tem a Toro Rosso, com a dupla mais cheira-talquinho da história, mas um jovem que desperta a maior das atenções: Max Verstappen.

Ah, tem a Manor Marussia ainda. Quanto a esta, sobreviver já basta.
 
O GRANDE PRÊMIO, mais uma vez, orgulha-se de apresentar este especial e procura abastecer os leitores da maior quantidade possível de informações a respeito da temporada que começa neste fim de semana na Austrália e se desenrola até novembro. Trata-se de um guia dividido em quatro partes/dias: a apresentação, as matérias especiais, as equipes e os pilotos e as seções especiais. Desfrutem.

edição e
reportagem

VICTOR MARTINS

reportagens de
EVELYN
GUIMARÃES
FLAVIO
GOMES
GABRIEL
CURTY
JULIANA
TESSER
PEDRO HENRIQUE
MARUM
RENAN
DO COUTO
VITOR
FAZIO
                    
artes de                                     fotos de
   
BRUNO 
MANTOVANI
HENRIQUE
JÚNIOR
RODRIGO
BERTON
    XAVI 
BONILLA

índice

equipes

matérias
Mercedes aterroriza em testes e se põe como favorita absoluta
Continuidade é chave para Williams manter rota do sucesso em 2015
Ferrari muda por completo e vai em rumo certo para voltar a ser forte
McLaren pensa em nova era ao reatar com Honda. Começa bem mal
Com carro 'brasileiro', Nasr vai bem nos testes. Mas sabe da vida dura