FE

2º na Cidade do México, D'Ambrosio diz que corrida foi fantástica e cutuca Buemi: “Só me passou indo por fora na chicane”

Jérôme D'Ambrosio não saiu da corrida - e da briga ferrenha com Sébastien Buemi - reclamando como fez o rival, mas deu um cutucão. De fato, 18 voltas de defesa contra o carro mais rápido do campeonato são dignos de nota

Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro

Jérôme D'Ambrosio não venceu - foi o segundo colocado, na realidade -, mas a briga entre ele e Sébastien Buemi foi o bafafá do eP da Cidade do México deste sábado (12). O belga da Dragon e o suíço, então líder do campeonato, da e.dams ficaram por 18 voltas em um jogo de gato e rato. Por fim, D'Ambrosio saiu com o segundo lugar, enquanto Buemi saiu reclamando.
 
Apesar da batalha entre os dois - que teve toque, troca de posições e reclamações via rádio -, D'Ambrosio saiu mais político que o rival, mas cutucou: Buemi só passou quando não contornou a chicane - e teve de devolver. 
Jérôme D'Ambrosio (Foto: F-E)
"Foi bem próxima [a disputa], mas a única vez que ele me passou foi quando passou por fora da chicane. Fora isso a corrida foi fantástica e, apesar do pequeno problema com a barra de direção bem pesada no segundo carro, dei absolutamente tudo o que eu tinha. Devo um grande agradecimento a todo o time", disse.
 
O belga ocupa a quarta colocação do campeonato, com 53 pontos. O terceiro é Sam Bird, com 58, mas os dois são apenas passageiros na briga pelo título. Lucas Di Grassi e Buemi disputam de perto: são 101 contra 95 tentos.
 
A F-E volta em 4 de abril com o eP de Long Beach, onde Nelsinho Piquet venceu no ano passado.
 
VEJA A EDIÇÃO #19 DO PADDOCK GP, QUE ABORDA STOCK CAR, F1, INDY E F-E