Copa GP

Segundo, Elisson Gandolfo revela mudança de atitude e comemora melhor resultado no ano

Elisson Gandolfo se mostrou bastante aliviado com o segundo lugar conquistado na sexta etapa da Copa Grande Prêmio de Kart. O piloto acredita que a mudança de postura tenha feito a diferença para o seu melhor resultado na temporada até aqui

Warm Up / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
Elisson Gandolfo deixou o kartódromo da Granja Viana satisfeito com o segundo lugar obtido na sexta etapa da Copa GP de Kart, realizada no último sábado (6). Para o piloto, o seu melhor resultado conquistado no campeonato até aqui deu um sopro de esperança para a sequência da temporada.
 
Gandolfo, que representou a Scuderia GP nas 500 Milhas da Granja Viana em 2018, vinha de boas apresentações nas etapas classificatórias, como na quinta etapa, válida pela Taça João Paulo de Oliveira, em que venceu a prova. Porém, não conseguia repetir a dose na prova final, a mais importante do dia.
 
"Foi um sábado muito bom, diferente das outras etapas. Peguei dois karts bons, e cheguei em segundo na classificatória e segundo na final. Foi o meu melhor resultado no ano", conta.
 
"Meu começo de campeonato não foi como o esperado. Eu conseguia bons resultados nas classificatórias, mas na final ou pegava um kart ruim, ou me envolvia em algum acidente. E num campeonato tão disputado como esse, qualquer milésimo pesa muito." 
Corsa
O piloto, que está sempre acompanhado do pai nas etapas da Copa GP, acredita que a mudança de atitude tenha feito a diferença na última prova.
 
"Talvez a cabeça tenha mudado. Como estou atrás no campeonato e não tenho nada a perder, estou indo para cima com tudo. Para a sequência, meu objetivo é a Taça GP 25 anos, que é uma chance a mais para a vaga nas 500 Milhas. Mas também estou olhando a classificação geral", encerra.