Copa GP

Em franca ascensão, William Carvalho mira top-10 da Copa GP de Kart

Fã de Schumacher, piloto de 32 anos começou no esporte a motor graças à Copa Grande Prêmio e quer agora um lugar entre os dez primeiros na temporada 2019.

Grande Prêmio / GUILHERME BLOISI, de São Paulo
William Carvalho é uma das ‘crias’ da Copa GP de Kart. Integrante desde a primeira corrida, lá no Speedland, kartódromo da zona leste de São Paulo, o analisa de sistemas de 32 anos andou bastante no fundo do grid mas, nesta temporada, já almeja saltos maiores no campeonato.
 
Com 19 pontos conquistados em 2019, Carvalho está feliz com a evolução que vem apresentando até aqui. “Engraçado que, no passado, meu objetivo era não chegar em último. Isso é um sinal muito bom de que estou evoluindo no esporte e fico bem feliz. Tem muita coisa para acontecer, espero continuar nesta fase boa que estou”.
 
O kart entrou na vida de William por acaso e, sim, graças ao GRANDE PRÊMIO. O piloto conta que foi na Copa GP de Kart que encontrou o hobby de sua vida. “Encontrei pela internet o anúncio do campeonato e me interessei. Não praticava porque não conhecia ninguém, meus amigos não gostam muito. Fui de curioso mesmo e gostei, peguei gosto pela coisa e há dois anos eu pratico regularmente, participo de três campeonatos”.
Carvalho ressalta que o ponto principal para a evolução que demonstrou, sobretudo na Taça JP de Oliveira, é a possibilidade de aprender a cada etapa do campeonato. “Tenho acesso aos melhores pilotos da cidade, estamos sempre trocando ideias, o Talarico, Mansano, Sidney, eles sempre estão à disposição para dar alguma dica pros mais novos. Essa troca com os mais experientes é importante para quem, como eu, começou há pouco tempo”.
 
A paixão pelo esporte a motor de William é de família, uma vez que seu pai cuidava dele quando garoto e, assim, pegou gosto pela coisa. A referência dele como piloto vem da Alemanha e é só o maior campeão de todos os tempos da F1: Michael Schumacher. “Eu o via todo domingo e torcia por ele, era fantástico assisti-lo correr, cada volta de classificação ele tirava um coelho da cartola. Era impressionante”.
William Carvalho (Foto: Gabriel Pedreschi/Grande Prêmio)
A Taça GP 25 Anos começa no próximo dia 17, em Interlagos, e Carvalho já traçou sua meta para o último minitorneio da temporada. “Minha expectativa é chegar entre os dez primeiros, acredito que não seja impossível, dá pra chegar, preciso melhorar em alguns pontos. A vitória ainda está longe, estou aprendendo ainda, mas meu objetivo é esse”, afirmou.