Truck

Indy 500 na TV faz Giaffone perder etapa em Interlagos e promove estreia de Burti na Copa Truck

Felipe Giaffone não vai participar da etapa de São Paulo da Copa Truck neste final de semana. O piloto da Volkswagen e comentarista da Band estará na transmissão da Indy 500, que acontece no mesmo horário da corrida de caminhões. O também comentarista de TV Luciano Burti será seu substituto

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

Felipe Giaffone está fora da etapa de Interlagos da Copa Truck, que abre a Copa Sudeste neste domingo (27). O piloto da Volkswagen e comentarista da Band estará na cabine de transmissão da Indy 500, uma das mais tradicionais provas do automobilismo mundial, que acontece simultaneamente à corrida de caminhões. Em seu lugar corre Luciano Burti, atual comentarista da Globo, que fará sua estreia na Copa Truck neste final de semana. 
 
Há dez anos no posto de comentarista da Band, Giaffone lamentou o fato de ficar de fora da prova, mas se mostrou feliz por ceder espaço para Burti. “É um prazer enorme entregar meu caminhão nas mãos do Burti. Já dividi o carro com ele em uma corrida de duplas da Stock Car em Curitiba e foi muito legal. Nos conhecemos desde a época do kart e agora estou na função - na verdade me sinto até na obrigação - de tentar encurtar o caminho de aprendizado dele”, explicou o dono do caminhão #4.
Felipe Giaffone vai ceder seu caminhão Volkswagen para Luciano Burti em Interlagos (Foto: Vanderley Soares/Copa Truck)

“É muito interessante para nós da Copa Truck termos um nome forte do automobilismo fazendo parte do nosso grid. Só vou me sentir 100% realizado se eu conseguir passar para ele todas as informações que acumulei nesses mais de dez anos guiando caminhão. Ele é um grande piloto e vai assimilar tudo muito rápido”, acrescentou Giaffone.
 
Experiente, Burti acumula passagens por Fórmula 1, onde correu como titular das equipes Jaguar e Prost, além da Stock Car, onde permaneceu entre 2005 e 2016. O piloto comentou a oportunidade de fazer sua estreia na Copa Truck.
 
“Um tempo atrás eu pensava que nunca ia correr de caminhão, por que é algo muito diferente do que estou acostumado. Eu até brinco que é um brinquedo de algumas toneladas a mais do que eu sempre fiz na vida. Ao mesmo tempo sou um grande amigo do Felipe e comecei a prestar muita atenção nos resultados dele, nas redes sociais, nas câmeras on board dele e cheguei a conclusão que o caminhão é algo muito legal”, explicou.
 
“Quando surgiu o convite foi legal por dois motivos. Primeiro porque é o caminhão do Felipe, que além de ser um bom caminhão faz com que eu possa contar com a ajuda dele na sexta e no sábado para facilitar minha adaptação. Além disso o Carlos Col é um grande parceiro da época da Stock e esses são dois bons motivos para eu estar na Truck. Estou muito feliz de voltar para a pista e espero poder contribuir com a equipe e a categoria”, acrescentou Burti. 
 
O primeiro contato de Luciano Burti com o caminhão da Copa Truck será na sexta-feira (25), quando acontecem os dois primeiros treinos livres da etapa paulista.
TEM LENHA PRA QUEIMAR

CASTRONEVES SENTE FALTA DA INDY E MERECE ESTAR NO GRID